Adeus

Diabinho na garrafa chega ao fim em Renascer: amuleto de José Inocêncio tem destino trágico

Morte inesperada do cramulhão faz o coronel passar mal

Publicado em 23/06/2024

O que acontece com o diabinho na garrafa em Renascer? O principal amuleto de José Inocêncio (Marcos Palmeira) tem um destino trágico. Para se ter ideia, o coronel sente na própria pele o fim do cramulhão.

Primeiro, Mariana (Theresa Fonseca) tenta libertar o demônio. Ela faz uma visita surpresa para o ex e pensa em uma forma de se vingar pela separação. Além disso, acredita que vai acabar com a lenda da imortalidade do coronel.

Sem pensar duas vezes, a ardilosa destampa a garrafa, mas Inocêncio age rápido. O poderoso consegue evitar a fuga do diabo e fica aliviado. Depois, sentindo que está em perigo, entrega o artefato para Tião Galinha (Irandhir Santos).

Inocêncio presenteia o matuto e pede para ele encontrar a famosa carta de Marianinha (Gabriella Cristina), que é guardada a sete chaves por Rachid (Almir Sater). O homem aceita a proposta, mas Joaninha (Alice Carvalho) fica uma fera.

José Inocêncio (Marcos Palmeira) em Renascer
José Inocêncio (Marcos Palmeira) em Renascer

Ao descobrir que Tião está com a garrafa, a cozinheira decide quebrá-la. Ela joga longe e o amuleto se despedaça em vários pedacinhos. Na mesma hora, José Inocêncio sente um aperto no peito e passa mal.

Se o remake seguir a versão de 1993, o fim do diabinho será trágico. Com a garrafa quebrada, ele tenta fugir, mas é devorado pelas galinhas e “morre” de uma vez por todas.