Asqueroso

César arma plano cruel, coloca Nero na cadeia e faz Bebel chorar de ódio em Fuzuê

Empresário conta com a ajuda de Julião para deixar o rival em maus lençóis

Publicado em 23/01/2024

Asqueroso, César (Leopoldo Pacheco) arma um plano horroroso e cruel. O empresário coloca Nero (Edson Celulari) na cadeia e faz Bebel (Lilia Cabral) chorar de ódio em Fuzuê.

Cansado de ver o comerciante conquistar toda a sua família, o crápula tenta prejudicá-lo de qualquer forma. Para isso, ele forja um falso atentado.

César contrata bandidos para armar um ataque proposital, com arma de fogo e tudo. Prontamente, Barreto (Rogério Brito) é acionado e cai no papo do empresário.

Primeiro, ele afirma que tudo partiu de Merreca (Ruan Aguiar) e deixa o bandido em maus lençóis. Depois, deixa o plano ainda mais sofisticado.

Bebel (Lilia Cabral) e Nero (Edson Celulari) em Fuzuê
Bebel Lilia Cabral e Nero Edson Celulari em Fuzuê

Irritado e sem escrúpulos, César manda Julião (Rômulo Arantes) plantar a arma usada no atentado na Fuzuê, no meio das coisas de Nero. O assistente, que está trabalhando na loja, segue a ordem.

Assim, a polícia é acionada e o revólver é encontrado. Nero vira o principal suspeito por atacar César e vai parar na cadeia e deixa Bebel desesperada.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade