Maturidade

Bia desvenda a profecia da cigana e salva Brisa no final de Travessia: “Seu parente de sangue”

Estudante de Biologia ajuda a rival a provar que é mãe biológica de Tonho

Publicado em 01/05/2023

Mesmo perdendo Oto (Rômulo Estrela) para Brisa (Lucy Alves), a maturidade toma conta de Bia (Clara Buarque) no final de Travessia. Tanto que a estudante mata a charada, interpreta a profecia da cigana e desvenda quem é o parente de sangue da maranhense.

Embora a autora Gloria Perez tenha dado muitas pistas, Guerra (Humberto Martins) não é pai da protagonista. A pessoa que tem relação com Brisa ainda está para chegar: é a bebê que a mocinha terá quando engravidar de Oto.

Quem descobre tudo e revela o mistério é a assistente de Dante (Marcos Caruso), que fica interessada na história da rival e questiona a possibilidade dela ser uma mulher quimera, ou seja, possui dois tipos distintos de DNA em seu corpo.

Quem é o parente de Brisa (Lucy Alves) em Travessia?
Quem é o parente de Brisa Lucy Alves em Travessia

Bia salva a vida de Brisa

A ex de Oto ouve uma conversa entre a costureira e Sara (Isabelle Nassar) e começa a investigar o caso. Para ela, é intrigante o fato de Brisa mostrar incompatibilidade com Tonho (Vicente Alvite), pois está claro que a maranhense deu à luz ao menino.

Na hora, Brisa conta a sua história e repete a profecia da cigana. “Preste bem atenção: existem coisas que a gente pode mudar e coisas que não pode. Se estava no destino da pessoa nascer e ela não nasceu… De algum jeito ela mostra presença no mundo”, disse a mística.

As palavras deixarão Bia intrigada, mas não demora para ela criar uma teoria de que Brisa tinha um irmão gêmeo, mas que não vingou. “Como é que ela falou? Que o destino da pessoa era nascer e ela não nasceu?”, questiona.

Brisa (Lucy Alves) em Travessia
Brisa Lucy Alves em Travessia

Com isso, o DNA dele se fundiu com o dela antes do nascimento, gerando a condição conhecida como quimerismo. “Você pode mesmo ter um parente de sangue. Um parente de sangue dentro de você. E isso explica tudo, até o DNA”, revela a bióloga.

A partir do estudo de Bia, tudo fica claro quando Brisa descobre que está grávida de Oto. Por incrível que pareça, a incompatibilidade entre ela e seu novo bebê também é confirmada por exames.

Desse modo, o mistério é desvendado: Brisa tem dois códigos genéticos, um caso raro que atinge poucas pessoas no mundo. Assim, a mocinha prova que não é sequestradora e realmente é mãe biológica de Tonho.

Feliz, a protagonista comemora a descoberta e fica feliz ao saber que vai dar à luz uma menina. O bebê é realmente o parente de sangue de Brisa, que surgiu para mudar a sua vida, conforme a profecia da cigana.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade