Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Reprise

Baixa audiência e nostalgia: curiosidades sobre O Beijo do Vampiro, que estreia no Viva

Trama de Antônio Calmon foi muito criticada, mas marcou uma geração

Publicado em 27/02/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Nesta segunda (28) estreia O Beijo do Vampiro no Canal Viva. A trama de Antônio Calmon foi exibida originalmente entre 2002 e 2003 e encantou uma geração.

De fato, a nostalgia é grande, aumentando a expectativa para a primeira reprise. Mesmo presente na memória afetiva de muita gente, a história nunca foi reapresentada.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Sempre cotada para O Vale a Pena Ver de Novo, a novela chega à TV por assinatura e com capítulos disponíveis no Globoplay. Sendo assim, os amantes da trama vampiresca podem rememorá-la.

Embora seja aclamada pela turma que hoje tem cerca de trinta anos, O Beijo do Vampiro foi muito criticada na época de exibição. Primeiramente, foi chamada de “Vamp mal feita”. A comparação com a novela da década de 1990 foi grande, mesmo sendo totalmente diferente.

Feita para os adolescentes, a novela parece não ter caído no gosto das donas de casa. A história era permeada por conflitos, mistério e drama, sobretudo na relação entre os vampiros e os humanos.

Kayky Brito e Tarcísio Meira em O Beijo do Vampiro (Reprodução/Globo)

Baixa audiência

Por conta de uma grande rejeição, O Beijo do Vampiro teve média de audiência abaixo do esperado. O maior índice foi marcado no último capítulo, com 41 pontos. Já o capítulo com pior ibope teve apenas 16 pontos.

A média geral da novela foi de 28 pontos, ruim para a faixa das 19h, longe da meta de 30 pontos. De fato, um fracasso se considerarmos o período de exibição.

Segundo Calmon, a trama foi atrapalhada por uma série de eventos, como o horário de verão, o Carnaval e a propaganda eleitoral.

Lívia (Flávia Alessandra), Rodrigo (Alexandre Borges), Tetê (Renata Nascimento) e Juninho (Guilherme Vieira) em O Beijo do Vampiro (Reprodução/Globo)

Ícone para os adolescentes

O Beijo do Vampiro se passava na pequena cidade de Maramores. O cenário que retratava os vampiros era comparado a de filmes de terror, principalmente a casa de Bóris (Tarcísio Meira).

A protagonista foi vivida por Flávia Alessandra, curiosamente sua terceira Lívia seguida em novelas. Antes, ela viveu personagens com o mesmo nome em Meu Bem Querer e Porto dos Milagres.

Kayky Brito foi a grande novidade como o adolescente Zeca, que descobre no decorrer da trama ser um vampiro. O ator trilhou uma carreira ascendente na Globo, mas atualmente está na Record TV.

Mesmo sendo massacrada pela mídia especializada e destoando das histórias apresentadas na faixa, O Beijo do Vampiro se tornou um ícone da cultura jovem. A repercussão foi grande entre crianças e adolescentes, desacostumados a ver uma história tão diferente.

Para se ter ideia, a novela ganhou um jogo, esteve presente em álbum de figurinhas e ainda tinha um site temático, o Vampiro Mania. Querendo ou não, o universo vampiresco ficou em alta na época e eternizou a obra na memória de muitas pessoas.

Leia outros textos AQUI

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....