Vilão

Antes de morrer, César decreta o fim da Fuzuê e destrói o maior sonho de Nero

Empresário dá golpe em Francisco e faz o comércio fechar as portas

Publicado em 21/02/2024

César (Leopoldo Pacheco) vai aprontar muito antes de morrer em Fuzuê. O empresário tem um destino trágico, mas ainda assim consegue destruir o maior sonho de Nero (Edson Celulari).

Disposto a se vingar de seu maior rival, o vilão arma um plano para enganar Francisco (Michel Joelsas). Substituto do pai no comando da loja, ele cai em um golpe.

Francisco negocia com um fornecedor mais sujo que pau de galinheiro, sem imaginar que é uma cilada. Assim, ele deixa a Fuzuê em maus lençóis.

Prestes a ser preso, César faz uma denúncia anônima e fiscais chegam na loja. Eles descobrem a falcatrua e decretam o fim do maior sonho de Nero.

Francisco (Michael Joelsas) e Nero (Edson Celulari) em Fuzuê
Francisco (Michael Joelsas) e Nero (Edson Celulari) em Fuzuê

A Fuzuê fecha as portas e deixa o comerciante desesperado. Prontamente, ele pede para Miguel (Nicolas Prattes) descobrir o que aconteceu e salvar o comércio de produtos populares.

Competente, o advogado consegue provar a inocência de Francisco e culpa César. Na mira da polícia, já que também é acusado de contrabando de pedras preciosas, o traste tenta roubar o que sobrou do tesouro de Luna (Giovana Cordeiro), mas o pior acontece e César morre no último capítulo da novela.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade