Sem programação infantil, TV Globo tenta Emmy com The Voice Kids mas não leva

Emmy Kids premiou produções com temas de conscientização ambiental, inclusão e diversidade.

Publicado em 12/10/2021 17:08
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Foram anunciados nesta terça-feira, 12, os vencedores do International Emmy Kids Awards, o prêmio internacional de programação infantil de televisão. Todos os ganhadores apresentaram temáticas ligadas à diversidade, inclusão e preservação ambiental.

O brasileiro The Voice Kids, da TV Globo, concorreu em uma das categorias, voltada à realidade e diversão, mas não levou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Kauê Penna, na quinta temporada do The Voice Kids. Programa foi finalista do prêmio internacional Emmy Kids. Foto: TV Globo/Isabella Pinheiro

O The Voice Kids (Globo / ITV Studios / John de Mol), do Brasil, foi apresentado ao júri como uma atração que mexe com os sentidos.

A temporada finalista foi a de 2020, a quinta edição da atração no Brasil. Eis o trailer do programa aqui .

A sinopse do programa apresentado na premiação foi o seguinte texto:

Quantos sentidos a música é capaz de tocar além da audição? Quantas emoções isso pode despertar? Incontáveis, com certeza. E quando tudo envolve a delicadeza das crianças, qualquer sentimento se multiplica ainda mais rapidamente.”

O anúncio os vencedores foi feito durante apresentação no MipJunior, evento dedicado à produção infantil dentro da feira Mipcom.

A feira internacional de produção e programação de televisão acontece nesta semana em Cannes/França, num formato híbrido entre presencial e virtual.

Ganhadores

Os vencedores do International Emmy Kids Awards são:

Categoria Animação: Shaun the Sheep: Adventures from Mossy Bottom – Temporada 6. Grã-Bretanha – Mostra novas aventuras da ovelha Shaun, carregada de temas contemporâneos em uma fazenda que emprega práticas de preservação ambiental para o rebanho. Há painéis de energia solar, turbinas movidas a energia do vento e veículos elétricos. Veja o trailer aqui.

Categoria Realidade & Entretenimento: Tekens van leven (Scars of Life/Cicatrizes da Vida). Bélgica. É uma série de documentários para crianças de 9 a 12 anos. Conta histórias de crianças com uma cicatriz física específica. De acidentes domésticos inocentes a todos os tipos de defeitos de nascimento. Veja o trailer aqui.

Categoria Dramaturgia: First Day (Primeiro Dia). Austrália. É o primeiro ano do ensino médio de Hannah Bradford. Como uma garota transgênero, Hannah não só tem que enfrentar os desafios que surgem com o início de uma nova escola, mas também encontrar a coragem para viver como ela é mais autêntica. Veja o trailer aqui.

Conscientização

 “A programação infantil tem um impacto direto em como as crianças se veem, seus colegas e o mundo em geral, então nós, na comunidade da televisão, temos uma responsabilidade especial”, disse o presidente e diretor executivo da International Academy, Bruce Paisner.

Ele completou: “Parabenizamos as equipes por trás desses programas vencedores por criar uma televisão excelente que tanto entretém quanto aumenta a conscientização sobre questões delicadas”.

Entre os jurados da final da premiação, estão dois brasileiros: Tiago Mello, da produtora Boutique Filmes (a mesma da série 3%, para a Netflix) e Kiko Mistrorigo, da TV Pinguim (da produção Peixonauta, entre outras).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio