Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Não foi dessa vez

Sem programação infantil, TV Globo tenta Emmy com The Voice Kids mas não leva

Emmy Kids premiou produções com temas de conscientização ambiental, inclusão e diversidade.

Publicado em 12/10/2021
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Foram anunciados nesta terça-feira, 12, os vencedores do International Emmy Kids Awards, o prêmio internacional de programação infantil de televisão. Todos os ganhadores apresentaram temáticas ligadas à diversidade, inclusão e preservação ambiental.

O brasileiro The Voice Kids, da TV Globo, concorreu em uma das categorias, voltada à realidade e diversão, mas não levou.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Kauê Penna, na quinta temporada do The Voice Kids. Programa foi finalista do prêmio internacional Emmy Kids. Foto: TV Globo/Isabella Pinheiro

O The Voice Kids (Globo / ITV Studios / John de Mol), do Brasil, foi apresentado ao júri como uma atração que mexe com os sentidos.

A temporada finalista foi a de 2020, a quinta edição da atração no Brasil. Eis o trailer do programa aqui .

A sinopse do programa apresentado na premiação foi o seguinte texto:

Quantos sentidos a música é capaz de tocar além da audição? Quantas emoções isso pode despertar? Incontáveis, com certeza. E quando tudo envolve a delicadeza das crianças, qualquer sentimento se multiplica ainda mais rapidamente.”

O anúncio os vencedores foi feito durante apresentação no MipJunior, evento dedicado à produção infantil dentro da feira Mipcom.

A feira internacional de produção e programação de televisão acontece nesta semana em Cannes/França, num formato híbrido entre presencial e virtual.

Ganhadores

Os vencedores do International Emmy Kids Awards são:

Categoria Animação: Shaun the Sheep: Adventures from Mossy Bottom – Temporada 6. Grã-Bretanha – Mostra novas aventuras da ovelha Shaun, carregada de temas contemporâneos em uma fazenda que emprega práticas de preservação ambiental para o rebanho. Há painéis de energia solar, turbinas movidas a energia do vento e veículos elétricos. Veja o trailer aqui.

Categoria Realidade & Entretenimento: Tekens van leven (Scars of Life/Cicatrizes da Vida). Bélgica. É uma série de documentários para crianças de 9 a 12 anos. Conta histórias de crianças com uma cicatriz física específica. De acidentes domésticos inocentes a todos os tipos de defeitos de nascimento. Veja o trailer aqui.

Categoria Dramaturgia: First Day (Primeiro Dia). Austrália. É o primeiro ano do ensino médio de Hannah Bradford. Como uma garota transgênero, Hannah não só tem que enfrentar os desafios que surgem com o início de uma nova escola, mas também encontrar a coragem para viver como ela é mais autêntica. Veja o trailer aqui.

Conscientização

 “A programação infantil tem um impacto direto em como as crianças se veem, seus colegas e o mundo em geral, então nós, na comunidade da televisão, temos uma responsabilidade especial”, disse o presidente e diretor executivo da International Academy, Bruce Paisner.

Ele completou: “Parabenizamos as equipes por trás desses programas vencedores por criar uma televisão excelente que tanto entretém quanto aumenta a conscientização sobre questões delicadas”.

Entre os jurados da final da premiação, estão dois brasileiros: Tiago Mello, da produtora Boutique Filmes (a mesma da série 3%, para a Netflix) e Kiko Mistrorigo, da TV Pinguim (da produção Peixonauta, entre outras).

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....