Polêmica de Taís Araújo ofuscou Roda Viva com Zezé Motta

Entrevista com a atriz, apresentadora e cantora de 77 anos é mais um marco na sua reconhecida trajetória

Publicado em 17/11/2021 21:06
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na última segunda-feira (15), Zezé Motta esteve no centro do Roda Viva, da TV Cultura.

A atriz, cantora e apresentadora de 77 anos, um símbolo da representatividade da mulher negra nas artes brasileiras, é um exemplo de reconhecimento e longevidade na profissão.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Zezé Motta merece todas as homenagens.

Nessa semana mesmo estreou um documentário Vozes do E!, do canal E! Entertainment, narrado por ela e com importante depoimento sobre a presença da mulher na cultura e no audiovisual.

O Roda Viva foi um momento todo seu para falar de sua ampla carreira e do destaque que conseguiu ter pelo seu talento e trabalho, desde que começou nos palcos do teatro, indo para TV, cinema e música.

Zezé Motta falou de forma aberta sobre os preconceitos, lutas e apoio que teve ao longo da carreira em diversos momentos.

Entretanto, as colocações de uma das entrevistadoras convidadas, a atriz Taís Araújo, acabaram por inserir na pauta uma polêmica que repercutiu bastante e tirou o foco da protagonista do programa.

Roda Viva

Taís Araújo, na sua primeira intervenção para fazer perguntas no Roda Viva, se disse emocionada e fez sua homenagem pessoal a Zezé Motta.

A entrevistadora, que aliás é formada em Jornalismo, recordou que Zezé Motta viveu a lendária personagem Xica da Silva (1976) no cinema, sob direção do cineasta Cacá Diegues.

Daí em diante, Taís Araújo abordou sua própria performance como a protagonista da novela Xica da Silva na extinta TV Manchete, em 1997. Foi o papel que a revelou para a televisão brasileira.

Em 1997, Taís estrelou a obra escrita por Adamo Angel, então pseudônimo do autor Walcyr Carrasco, e dirigida por Walter Avancini (1935-2001).

Taís Araújo acabou por chamar o holofote para si, ao destacar que era muito jovem e teve uma desavença nos bastidores ao se recusar a atuar em uma cena onde sua personagem teria de interpretar uma cena de sexo anal.

Zezé Motta, num gesto de suprema elegância, mostrou-se surpresa com a colocação, disse que desconhecia o fato – na novela da TV Manchete, ela vivia a mãe da personagem de Taís Araújo.

No momento em que eu neguei fazer uma cena de sexo anal, Walter Avancini e Walcyr Carrasco foram publicamente dizer que eu estava transformando a Xica da Silva em Maria Chiquinha”, disse Taís Araújo na bancada do Roda Viva.

A entrevistadora ainda questionou uma suposta objetificação da personagem Xica da Silva no filme Cacá Diegues, que foi negada por Zezé Motta.

Em outra oportunidade de pergunta, Taís Araújo falou novamente de uma novela que protagonizou, Da Cor do Pecado (2004) em comparação a Corpo a Corpo, de Gilberto Braga (1984), em que Zezé Motta atuou.

Nas respectivas histórias, as atrizes viveram romances inter-raciais.

Segue o trecho com a declaração de Taís Araújo que repercutiu fora do programa:

Vídeo Show

A atriz Taís Araújo em cena de Xica da Silva, da TV Manchete. No destaque, a atriz, falando da novela ao Video Show, em 2017. Foto: Reprodução/Globoplay

Há alguns anos, a mesma Taís Araújo, quando foi entrevistada ao vivo pelo Vídeo Show (transmitido em 6 de junho de 2017), lembrou-se de várias passagens sobre Xica da Silva na TV Manchete.

A atriz até citou desavenças com o diretor Walter Avancini, mas não falou na Globo nada a respeito dessa fatídica cena de sexo anal.

A entrevista de Taís Araújo na TV Globo pode ser vista aqui:

Walcyr Carrasco

No dia seguinte à exibição deste Roda Viva, Walcyr Carrasco foi a público e afirmou que não escreveu tal cena, que não estava presenta nas gravações e que sequer tinha contato físico com o elenco.

O diretor não está mais aqui para dar sua versão sobre o episódio.

Walter Avancini morreu há 20 anos, vítima de um câncer.

Mega exposição

Não tem faltado espaço a Taís Araújo na mídia, linda e talentosa como ela só.

Apenas nos últimos dias: ela participou da final como jurada do show musical The Masked Singer Brasil (dia 19/out), apresenta o programa semanal Superbonita – Especial de 20 anos (às quintas-feiras no GNT), deu entrevista junto ao marido, Lázaro Ramos, para o podcast de Mano Brown, o Mano A Mano (desde 4/nov no Spotify).

No último domingo (14/nov), Taís foi capa do caderno Ela, do jornal O Globo, juntamente ao marido, em um belo ensaio fotográfico de nudez.

Ambos estão novamente em evidência nesta semana num ensaio para a nova publicação Forbes Life.

Portanto, mesmo não estando no ar atualmente em nenhuma produção de novela ou série inédita, Taís Araújo tem tido muita voz e diversas portas abertas e oportunidades de exposição e depoimentos em entrevistas.

A atriz também estrela uma série de campanhas publicitárias na TV, sinal de que sua exposição e sucesso também lhe rendem merecido reconhecimento na área comercial.

Zezé Motta

O fato é que o Roda Viva era com Zezé Motta e sobre Zezé Motta mas, no dia seguinte, só se falou de Taís Araújo.

A entrevista foi merecida e pautada pelo programa da TV Cultura bem na semana do Dia da Consciência Negra.

Além de Taís Araújo e da apresentadora do Roda Viva, Vera Magalhães, também participaram da entrevista: Ad Junior, comunicador e apresentador da Trace Brasil; Joyce Ribeiro, da TV Cultura; Luanda Vieira, jornalista; e Silvia Ruiz, jornalista e colunista.

O programa Roda Viva com Zezé Motta na íntegra pode ser assistido aqui:

** Informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de sua autora e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio