No Limite foi fiasco no Instagram em comparação ao BBB21

BBB21 teve 20 vezes mais interações do que No Limite; Paula Amorim cresceu 129,5 mil novos seguidores

Publicado em 21/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

De acordo com monitoramento da Desbrava Data, empresa que faz gerenciamento de dados nas redes sociais, o BBB21 teve quase 20 vezes mais interações no Instagram do que o No Limite, que terminou na madrugada desta quarta-feira, 21 de julho: 1 bilhão x 52 milhões.

Quando o No Limite começou, em 11 de maio, no total, as 16 contas dos participantes somavam pouco mais de 37,5 milhões de seguidores e, no final, tinham pouco mais de 39 milhões. Ou seja, um ganho conjunto de 1,5 milhão de followers.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No primeiro dia do programa, todas as contas juntas registravam mais de 615 milhões de interações e, ao final, ultrapassaram 667 milhões.

No total, os perfis dos participantes de No Limite movimentaram mais de 52 milhões de interações no Instagram. No início, a média de engajamento de todos os perfis somada registrava 1.9% e, quando o programa encerrou, essa taxa foi um pouco menor, 1.7%.

Análise dos finalistas

Paula Amorim do No Limite (Reprodução/GloboPlay)

Quando começou o programa, a vencedora, Paula Amorim tinha 3,2 milhões de seguidores. No final, eram 3,3 milhões, um acréscimo de 129.540 seguidores ao longo da competição. Em relação à taxa de engajamento, o perfil de Paula registrava 1.3% em 11 de maio, terminando com 1.2%, atingindo o percentual mais alto nos dias 19 e 21 de junho, quando registrou 2.2%.

A título de comparação, Juliette, vencedora do último BBB, saiu de pouco mais de três mil seguidores antes de entrar no programa para mais de 23 milhões, se tornando uma das maiores influenciadoras digitais brasileiras.

Em segundo lugar, Viegas iniciou o reality com 444.778 seguidores e terminou com 543.495, um ganho de 98.717 entre 11 de maio de 20 de julho. A taxa de engajamento no começo era de 1.5% e terminou um décimo menor, com 1.4%, com um pico de 2.6% entre 15 e 16 de junho.

O terceiro colocado, André Martinelli, começou a competição com 824.558 seguidores e chegou na final com 938.471, um acréscimo de 113.913 novos followers. No início, seu perfil registrava uma taxa de engajamento de 0.5%, terminando com 2.1%, com uma alta nos últimos quatro dias do programa e também no dia 13 de julho.

Comparação com o BBB21

O Big Brother Brasil 21 encerrou sua temporada, após mais de cem dias no ar, contabilizando mais de 1 bilhão de interações apenas no Instagram. No total, seus participantes ganharam mais de 148 milhões de novos seguidores nas redes sociais.

O fenômeno BBB21 foi algo ainda não visto na história da TV e da propaganda, mas que reforça ainda mais o mercado de marketing de influência, que trabalha com influenciadores digitais. Personalidades que se tornaram famosas através das plataformas da internet, que trabalham a divulgação, recomendação e suas experiências com produtos e serviços”, ressalta Paulo Pereira, fundador e CEO da Desbrava Data.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio