Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Troféu APCA

Nos Tempos do Imperador ganha como melhor novela do ano

Eleição da APCA também apontou empate entre Leticia Colin e Paula Cohen como melhor atriz e prêmios a Juan Paiva, Roberto Cabrini e Passaporte para Liberdade

Publicado em 31/01/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, escolheu os melhores de 2021.

Os vencedores em Televisão foram:

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Ator – Juan Paiva (Um Lugar ao Sol/TV Globo)

Ravi (Juan Paiva) em Um Lugar ao Sol (Reprodução/TV Globo).

Atriz Letícia Colin (Onde Está Meu Coração/Globoplay) e Paula Cohen (Nos Tempos do Imperador/TV Globo) 

Letícia Colin vive Amanda em Onde Está Meu Coração. Foto: Fábio Rocha/Globo

Novela – Nos Tempos do Imperador (TV Globo)

Especial/Documentário – Missão Cabul (Roberto Cabrini – Record TV)

Seriado/Minissérie Passaporte para Liberdade (TV Globo/Sony Pictures TV/Floresta).

Rodrigo Lombardi e Sophie Charlote estrelam Passaporte para Liberdade (Reprodução)

Na indicação dos finalistas do ano, feita no começo de janeiro, a categoria minissérie tinha sido listada ao lado de novela; no entanto, no entendimento do júri, o mais adequado é figurar ao lado de seriado.

Os críticos que votaram foram: Edianez Parente, Fabio Maksymczuk, Leão Lobo, Neuber Fischer, Paulo Gustavo Pereira e Tony Goes.

Assembleia

A Assembleia Geral da APCA aconteceu de forma virtual e elegeu os melhores de 2021 nas seguintes categorias: Arquitetura, Artes Visuais, Cinema, Dança, Literatura, Música Popular, Rádio, Teatro, Teatro Infanto-Juvenil e Televisão. 

Neste segundo ano marcado pelos impactos da pandemia da Covid19 em todos os setores da sociedade e em especial nas atividades artísticas, as áreas seguiram a orientação do ano anterior, optando pela realização de uma premiação com menos categorias.

De acordo com a jornalista Maria Fernanda Teixeira, presidente da APCA, “é de fundamental importância celebrar e preservar a cultura, bem maior de um país, expressão artística de um povo que deve ser valorizada e incentivada”

Ela continua: “ Somos fortes e sempre estaremos abraçados com o conhecimento e a criação, importantes valores e riquezas de uma sociedade. No ano do bicentenário da Independência, viva a diversidade, a inclusão  e os 100 anos da Semana de Arte Moderna de 22.” !

A cerimônia de premiação com a respectiva entrega dos troféus, prevista para acontecer ainda neste primeiro semestre do ano, está em fase de viabilização, com a APCA em busca de apoios e patrocínios para sua realização.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....