Emmy mostra domínio do streaming e ascensão das mulheres

Com 44 troféus, Netflix levou o maior número de prêmios; diretoras e roteiristas fazem história

Publicado em 20/09/2021 16:09
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A entrega do 73º Emmy Awards, na noite do domingo (19), foi a consagração para The Crown, da Netflix, melhor série dramática do ano.

O serviço de streaming também levou troféus nas categorias mais importantes da premiação, além dos prêmios técnicos, totalizando 44 estatuetas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Esta, porém, não foi apenas mais uma festa interna da televisão dos Estados Unidos.

A premiação virou um indicador de resultados das séries feitas principalmente nos EUA e Reino Unido para exibição simultânea no mundo todo, possibilitada pelas várias plataformas de streaming.

Ainda, o Emmy deu destaque inédito a mulheres como diretoras e criadoras de conteúdo.

Jessica Hobbs levou a estatueta de melhor diretora de série dramática por seu trabalho com The Crown.

Michaela Coel foi a melhor roteirista por sua criação de I May Destroy You, minissérie feita para o canal HBO.

Também da HBO, Hacks, ficou com o troféu de melhor direção de série de comédia para Lucia Aniello, que ainda faz parte da equipe do roteiro premiado na noite.

A HBO e HBO Max, juntas, aliás, conquistaram 19 troféus neste ano, entre as categorias principais e prêmios técnicos, ficando com a vice-liderança na premiação.

Nos agradecimentos da noite, chamou a atenção o grande número de premiados que relatou a perda de pessoas queridas no último ano, vítimas da Covid.

No Brasil

Para o Brasil, a transmissão do Emmy foi feita pelo canal da televisão por assinatura TNT, que também fez uma live comentada sobre a festa no seu canal no YouTube.

Como curiosidade, o patrocinador da festa da noite no canal era o serviço de streaming Amazon Prime Video, que lotou os intervalos comerciais com promos de seu lançamento, Cinderela, estrelado por Camila Cabello.

O Prime Video é um streaming concorrente do HBO Max, serviço pertencente à WarnerMedia, mesmo grupo do canal TNT.

Família Real

A série da Netflix levou de lavada. The Crown, biografia em formato de seriado e não autorizada sobre a família real britânica, ficou com as principais estatuetas no seu gênero, além de premiar todos os atores principais e coadjuvantes.

Olivia Colman (atriz), Josh O’Connor (ator), Gillian Anderson (atriz coadjuvante) e Tobias Menzies (ator coadjuvante) foram os laureados.

Em comédia, Ted Lasso ficou também com o troféu de melhor ator de comédia para seu cocriador Jason Sudeikis; além de premiar Hannah Waddingham (atriz coadjuvante) e Brett Goldstein (ator coadjuvante).

O Gambito da Rainha da Netflix ganhou o troféu Emmy de minissérie, além de levar o prêmio de direção para Scott Frank.

Mare of Easttown, do canal HBO, fez bonito. Deu prêmio de melhor atriz para a estrela Kate Winslet e também de ator e atriz coadjuvante para Evan Peters e Julianne Nicholson.

Kate agradeceu: “Mare of Easttown foi um momento cultural que aproximou as pessoas e lhes deu algo para falar além da pandemia global”.

Ewan McGregor ganhou o Emmy de melhor ator em minissérie por Halston, da Netflix.

Em comédia, Jean Smart ganhou como melhor atriz por seu papel em Hacks, da HBO.

Jason Sudeikis ganhou o Emmy de melhor ator de comédia por seu papel como de técnico de futebol Ted Lasso na série homônima.

RuPaul’s Drag Race, do canal VH1, ganhou seu quarto Emmy consecutivo por reality show.

Confira os principais prêmios da noite:

A entrega do 73º Emmy na noite do domingo (19), foi a consagração para The Crown (Netflix), melhor série dramática do ano.

DRAMA

Série: The Crown (Netflix)

Ator: Josh O’Connor (The Crown)

Atriz: Olivia Colman (The Crown)

Ator coadjuvante: Tobias Menzies (The Crown)

Atriz coadjuvante: Gillian Anderson (The Crown).

Roteiro: Peter Morgan (The Crown)

Direção: Jessica Hobbs (The Crown)

COMÉDIA

Série: Ted lasso (Apple TV+)

Ator: Jason Sudeikis (Ted Lasso)

Atriz: Jean Smart (Hacks)

Ator coadjuvante: Brett Goldstein (Ted Lasso)

Atriz coadjuvante: Hannah Waddingham (Ted Lasso)

Roteiro: Lucia Aniello, Paul W. Downs e Jen Statsky (Hacks)

Direção: Lucia Aniello (Hacks)

MINISSÉRIE/TELEFILME

Minissérie: O Gambito Da Rainha (Netflix)

Ator: Ewan McGregor (Halston)

Atriz: Kate Winslet (Mare of Easttown)

Atriz coadjuvante: Julianne Nicholson (Mare of Easttown)

Ator coadjuvante: Evan Peters (Mare Of Easttown)

Direção: Scott Frank (O Gambito da Rainha)

Roteiro: Michaela Coel (I May Destroy You)

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio