Celso (Murilo Rosa) em O Cravo e a Rosa

Safado: Celso termina O Cravo e a Rosa com duas mulheres

Clara Ribeiro

Clara Ribeiro

Com quem Celso (Murilo Rosa) fica em O Cravo e a Rosa? O galã passa a novela arrancando suspiros das mulheres, tanto solteiras quanto casadas. Dinorá (Maria Padilha) que o diga!

Infiel, a esposa de Cornélio, vivido pelo ator Ney Latorraca, não pensa duas vezes antes de trair o marido com o bonitão.

Só depois de muito tempo Cornélio é, na verdade, empurrado para a verdade e flagra a esposa com o amante, arma a maior briga e a traição vira assunto na cidade.

Celso (Murilo Rosa) e Dinorá (Maria Padilha) em O Cravo e a Rosa

Final de Celso é bem inusitado

Nas cenas finais, todos se reúnem em uma igreja para o icônico casamento de Bianca (Leandra Leal) com Edmundo (Ângelo Antônio).

Cornélio aparece sentado entre a sogra, Josefa, e Dinorá. As duas mulheres conversam entre si, com o homem traído no meio. A sequência é hilária.

Momentos depois, Celso chega na igreja acompanhado de Candoca (Miriam Freeland). Sim, ele termina a novela ao lado da mocinha. Com muito custo, Celso consegue ganhar a confiança novamente de Candoca e diz que não está nada interessado na fortuna que ela herdou.

Candoca (Miriam Freeland) e Celso (Murilo Rosa) em O Cravo e a Rosa

Assim que o casal entra na igreja, porém, Candoca logo diz que quer se sentar bem longe de Dinorá.

Celso, querendo tranquilizar a noiva, diz que ela nem deveria mais sentir ciúmes dele com a esposa de Cornélio, afinal, só tem olhos para ela.

Celso assume safadeza nos momentos finais

Mesmo aos afagos com Candoca, Celso não para de olhar Dinorá. Do mesmo modo, a filha de Josefa quase quebra o pescoço para ficar atenta ao amante.

É quando Celso olha para Dinorá e dá uma piscadinha, e a amante retribui com um safado e largo sorriso. Ou seja, o rapaz termina O Cravo e a Rosa noivo de Candoca e ainda assim com seu relacionamento com Dinorá.

Maria Padilha é Dinorá em O Cravo e a Rosa (Divulgação)

Não deixe de ver também: Com doença crônica e longe da TV: a vida de Pedro Paulo Rangel, o Calixto de O Cravo e a Rosa

Leia outros textos desta colunista.