veterana

Protagonista de novela e musa da época: Veja a cigana de Travessia nos anos 1980

Sura Berditchevsky participou da trama das nove que acaba nesta semana

Publicado em 02/05/2023

Quem é a cigana de Travessia? A personagem da novela de Gloria Perez é responsável por dar pistas sobre o destino de Brisa (Lucy Alves).

Com muito mistério envolvido, a cigana afirma à maranhense quais surpresas acontecem em sua vida. Houve inúmeras indagações sobre o que ocorreria com a protagonista, e agora, na reta final, soube-se que se tratava do quimerismo sofrido por Brisa.

Abordado na novela das nove, o quimerismo é uma condição genética rara, que determina que o indivíduo possua dois tipos distintos de DNA em seu corpo. Sendo assim, essa descoberta impactou no DNA de Tonho (Vicente Alvite), impondo a dúvida sobre a maternidade do garoto.

Atriz que faz a cigana em Travessia

Para quem não reconheceu ou não a conhece, a atriz que fez a cigana em Travessia é Sura Berditchevsky. Apesar do nome difícil, Sura tem uma longa carreira na TV e no teatro.

Brisa (Lucy Alves) e a cigana em Travessia
Brisa (Lucy Alves) e a cigana em Travessia

Hoje com 69 anos de idade, a atriz começou a atuar jovem no Tablado, em 1970. Somente oito anos depois que ela estreou na televisão, na novela icônica Dancin’ Days, escrita pelo saudoso Gilberto Braga. Na história ela fez par romântico com ninguém menos do que Antonio Fagundes.

Em 1979, Sura Berditchevsky foi a protagonista de Marron Glacê ao lado de Louise Cardoso, Ana Lúcia Torre e Paulo Figueiredo. Foi nessa novela que a atriz ficou bem mais conhecida e se tornou uma das musas da época. Em seguida, ela esteve em Plumas e Paetês, um grande sucesso de Cassiano Gabus Mendes.

Em 1990, Gloria Perez, autora de Travessia, escalou Sura Berditchevsky para Barriga de Aluguel, onde a artista interpretou Raquel.

Sura Berditchevsky com Paulo Figueiredo em Marron Glacê e com Antonio Fagundes em Dancin' Days
Sura Berditchevsky com Paulo Figueiredo em Marron Glacê e com Antonio Fagundes em Dancin’ Days
Sura Berditchevsky fez novelas nos anos 70 e 80
Sura Berditchevsky fez novelas nos anos 70 e 80

A partir daí seus papéis em telenovelas foram perdendo a regularidade. Em 1998 esteve em Era Uma Vez, e depois fez apenas participações em Senhora do Destino, Malhação, assim como no remake de Ti Ti Ti.

Após isso, ela migrou para a Record TV e na emissora fez Apocalipse, em 2018, e Gênesis, em 2021, seu último trabalho antes de surgir na atual novela das nove da Globo.

Outros trabalhos e lembranças da carreira

Em paralelo à teledramaturgia, vale saber, Sura marcou presença no cinema e no teatro brasileiro. Além disso, ela é escritora de livros infantis, diretora e produtora.

Em breve, ela poderá ser vista em duas séries: Em A Maga de Aruna, no Disney+; e Fim, do Globoplay, baseada em livro homônimo de Fernanda Torres.

Sura Berditchevsky e Ernani Moraes nos bastidores de A Magia de Aruna
Sura Berditchevsky e Ernani Moraes nos bastidores de A Magia de Aruna

Em entrevista recente ao site Heloisa Tolipan, Sura relembrou a parceria com Louise Cardoso em Marron Glacé. “Foi maravilhoso. Nós éramos muito transgressoras. Vínhamos do teatro e não tínhamos uma preocupação de fama, celebridade, como é hoje, sucesso rápido. Aprendi muito com os atores mais velhos, imagina ficar um ano trabalhando com Mário Lago (1911-2002), Yara Amaral (1936-1988). Aprendi muito com pessoas maravilhosas“, afirma.

Segundo a atriz, quando começou a atuar na TV, os iniciantes tinham uma relação de aprendizado com os veteranos. Hoje, para ela, não é assim. “Essa é a diferença da minha geração. Hoje em dia, não vemos muito isso nos jovens com os atores mais velhos. Tem uma pegada diferente“, pontua.