Novela das nove

Mesmo com o coração destruído, João Pedro se arrisca, trai seu pai e salva a vida de Egídio em Renascer

Marido de Sandra ainda leva a culpa por atentado

Publicado em 10/07/2024

A relação entre João Pedro (Juan Paiva) e Egídio (Vladimir Brichta) vai acabar de uma vez por todas em Renascer. O jovem dará uma surra no sogro após ser provocado e isso culminará em uma tragédia sem precedentes. 

Nervosa com a situação, Sandra (Giullia Buscacio) entrará em trabalho de parto prematuro e a sua bebê já nascerá sem vida. Atordoado com o ocorrido, João Pedro se sentirá culpado por ter caído na provocação do coronel. Além disso, ele expulsará o sogro do quarto de Sandra no hospital gerando mais uma confusão. Como consequência o crápula vai jurar de morte o filho caçula de José Inocêncio (Marcos Palmeira).

Egídio (Vladimir Brichta) Sandra (Giullia Buscacio) em Renascer
Egídio (Vladimir Brichta) e Sandra (Giullia Buscacio) em Renascer

No entanto, em cena prevista para ir ao ar em breve, Egídio será baleado em uma estrada por onde João Pedro está passando. O jovem vai ajudar o sogro e o levará ao hospital às pressas, evitando que ele morra com hemorragia. No local, José Augusto (Renan Monteiro) será o responsável por salvar a vida do coronel Pica-Pau.

Ainda muito magoada por ter perdido a filha, Sandra insinuará que João Pedro tenha atirado contra seu pai. O rapaz ficará extremamente magoado, claro. Mas o público ainda não saberá quem foi o responsável por tentar matar Egídio.

Nas cenas do tiro, aparecem Zinha, Damião e Marçal empunhando suas armas. Apesar disso, não mostrará o verdadeiro atirador.

Fora isso, a culpa recairá sobre Tião (Irandhir Santos) que será preso injustamente. O delegado dirá que ele atentou contra a vida do coronel a mando de José Inocêncio, tendo em vista que o ex-catador de caranguejo estava com o ‘capetinha’ do fazendeiro em sua posse. 

Marçal (Osvaldo Mil), Zinha (Samantha Jones) e Damião (Xamã) em Renascer
Marçal (Osvaldo Mil), Zinha (Samantha Jones) e Damião (Xamã) em Renascer

Mais adiante, o próprio Egídio irá matar a charada sobre quem tentou matá-lo. O atirador é o seu capataz Marçal (Osvaldo Mil), que não engoliu ter sido humilhado e ter levado uma surra do chefe. Como retaliação, ele aproveitou a briga em família para tentar matá-lo sem levar a culpa.