Desavença

José Venâncio da primeira versão de Renascer mudou falas e foi expulso da novela

Taumaturgo Ferreira contou tudo o que aconteceu

Publicado em 23/04/2024

José Venâncio da primeira versão de Renascer foi expulso na novela exibida em 1993. Na trama, quem interpretou o filho de José Inocêncio foi Taumaturgo Ferreira, que precisou ser desligado da história antes da hora.

Taumaturgo acabou tendo um desgaste com a produção da novela e acabou sendo dispensado do folhetim. O desentendimento aconteceu entre o ator e o autor Benedito Ruy Barbosa. 

Rodrigo Simas e Taumaturgo Ferreira viveram José Venâncio em Renascer
Rodrigo Simas e Taumaturgo Ferreira viveram José Venâncio em Renascer

Problemas em relação ao personagem e texto acabaram gerando o desgaste com o escritor da novela, levando o ator a ser demitido da trama. 

Em entrevista a Heloísa Tolipan, Taumaturgo Ferreira contou alguns detalhes. 

“Até Renascer eu vinha numa ascendente na Globo, fazendo trabalhos de prestígio. Cheguei a ser chamado para três novelas ao mesmo tempo, de modo que eu podia escolher qual fazer. Nesta, do Benedito, eu era creditado com destaque na abertura: ‘Taumaturgo Ferreira como José Venâncio’. Daí (diante da demissão), a gente sente um baque. Fui sentindo os reflexos disso com o passar dos anos, já que isso foi afetando a minha carreira. Comecei a perceber que fui barrado no baile”.

Final de Januário (Taumaturgo Ferreira) em O Cravo e a Rosa
Final de Januário (Taumaturgo Ferreira) em O Cravo e a Rosa

O ator atribuiu sua saída por ter mudado o texto em algumas cenas. “Eu e o diretor, Luiz Fernando Carvalho, estávamos de acordo na composição do personagem, tanto no visual como em seu jeito. Entendíamos que como o personagem havia viajado, morado fora, ele não teria sotaque, o que faria um contraponto com o núcleo rural. De maneira que eu aboli os “oxente” e os “painho” que vinham escritos no texto. Eu não dizia, não por indisciplina, mas por uma questão de coerência. Ninguém me falou que eu devia, necessariamente, dizê-los”. 

Taumaturgo Ferreira
Taumaturgo Ferreira

A gota d’água aconteceu quando em uma gravação específica o ator mudou algumas palavras do roteiro. 

“Numa gravação, porém, parece ter havido a gota d’água: Eu deveria dizer duas palavras escatológicas à mesa, na hora do almoço. Eu achava que aquele rapaz não as diria, em razão de ele ser educado. Mesmo pressionado, a mantê-las, substituí por algo que mantivesse a ideia original. Talvez este tenha sido o estopim. Todavia, esse desligamento aconteceria, mais hora ou menos hora, já que, talvez, o autor estivesse descontente. O papel não era dos meus sonhos mas eu estava ali, jogando a regra do jogo”. 

Filhos de José Inocêncio em Renascer de 1993
Filhos de José Inocêncio em Renascer de 1993

O ator acabou sendo afastado das gravações. Para isso, Benedito Ruy Barbosa teve que armar uma morte repentina para o personagem José Venâncio, pondo fim na participação do ator no folhetim. 

Em Renascer de 1993, José Venâncio foi vítima de uma tocaia. O personagem morreu ao levar um tiro disparado por Teodoro (Herson Capri), que na verdade queria matar José Inocêncio (Antônio Fagundes).

No remake, o Venâncio vivido por Rodrigo Simas morreu no capítulo da segunda-feira (22) pelo personagem correspondente Teodoro, o coronel Egídio (Vladimir Brichta).

José Venâncio (Rodrigo Simas) e José Inocêncio (Marcos Palmeira) em Renascer
José Venâncio (Rodrigo Simas) e José Inocêncio (Marcos Palmeira) em Renascer

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade