LIMBO

Humilhada, chafurdada e enterrada viva: Após prisão, Anely leva a pior em Terra e Paixão

Irmã de Lucinda acaba escorraçada da vida de Luigi

Publicado em 18/08/2023

Terra e Paixão, novela das nove da Globo, traz uma grande mudança na vida de Anely (Tatá Werneck) após ela ser presa com as barras de ouro falsas de Cândida (Susana Vieira).

Tudo se dá após os amantes pilantras encontrarem a chave de um cofre no banco no quarto de Nice (Alexandra Richter).

Na verdade, Luigi foi capaz de seduzir Nice com objetivo de conseguir acessar o quarto dela e encontrar o objeto que abririam o tal compartimento.

Luigi, Anely, Gregório (Felipe Rocha), Cândida e Nice em Terra e Paixão
Luigi, Anely, Gregório (Felipe Rocha), Cândida e Nice em Terra e Paixão
Luigi (Rainer Cadete) e Anely (Tatá Werneck) de Terra e Paixão
Luigi (Rainer Cadete) e Anely (Tatá Werneck) de Terra e Paixão

Depois de alugarem um cofre no estabelecimento e conseguirem achar a “fortuna” dentro de outro cofre, eles acreditaram piamente ser a herança de Cândida. Limitados, os dois logo partiram para vender as barras de ouro, mas foram presos em flagrante.

Anely é chafurdada na lama

Quem livra Luigi e Anely da cadeia é Antônio (Tony Ramos), que age rapidamente para que Anely seja demitida da cooperativa e que ela fique bem longe de Luigi.

O italiano também é ameaçado por Irene (Glória Pires), que promete a sucessão da empresa do marido a ele, mas para isso ele deve abandonar Anely.

Anely (Tatá Werneck) e Luigi (Rainer Cadete) em Terra e Paixão
Anely (Tatá Werneck) e Luigi (Rainer Cadete) em Terra e Paixão

Além disso, Antônio coage o parceiro de Petra a “encomendar” um filho em breve. Mais uma derrota daquelas para Anely.

Com essa reviravolta, a personagem de Tatá Werneck pode ficar perdida na história. Resta saber o que o autor irá inventar para mantê-la ativa.