Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
ENRIQUECEU

Fortuna? Saiba por que Felipe Titto abandonou de vez as novelas

Hoje empresário, ex-global admitiu a Marcos Mion a razão pela qual deixou de atuar

Publicado em 03/02/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Felipe Titto despontou na TV na temporada de 2005 de Malhação interpretando Marley. Depois disso fez diversos trabalhos como ator na Globo.

Ele fez uma participação na novela Avenida Brasil, em 2013, ganhou um papel em Amor à Vida, em 2013, e até retornou para Malhação, na edição Seu Lugar no Mundo, em 2015, dando vida ao antagonista Samurai.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Em 2017, Titto compôs o elenco de O Outro Lado do Paraíso e, em 2019, de A Dona do Pedaço, sua última novela da carreira. Após isso ele só esteve no quadro Dança dos Famosos, em 2020.

Empresário de sucesso

Hoje, aos 35 anos de idade, Felipe Titto revela que está milionário. Com toda a fortuna que tem, já acumula carros de luxo, uma mansão suntuosa e até um avião próprio. Seu objetivo financeiro atual é conquistar 50 milhões de dólares na conta bancária.

O empresário conseguiu esse feito quando parou para se dedicar aos seus empreendimentos, algo que precisou manter ‘por baixo dos panos’ enquanto fazia novelas.

Ele conta que teve medo que seu apreço pelos negócios pudesse ser uma razão para ser vetado completamente do mundo artístico, então preferiu separar as coisas por um bom tempo.

Felipe Titto em Malhação de 2005 e como Samurai em 2015 (Reprodução)

A história mudou de figura para Titto quando ele passou a apresentar programas de TV e não só atuar. Nesse tipo de trabalho, ele pode se soltar mais e até se envolver mais com o universo ‘business’.

Gosto muito de fazer [novelas], fiz várias. Devo tudo o que tenho em relação à relevância midiática por conta da novela. Minha mudança de chave é não só pela questão financeira, mas estou muito focado no entretenimento, e meu lado corporativo tomou uma dimensão muito grande. Tinha medo de expor esse meu lado, porque sabia que quando isso viesse à tona, iria ‘engolir’ meu lado artístico”, assumiu Felipe em conversa recente com Marcos Mion.

Novela ‘toma’ tempo

Depois que a vida de empresário tomou grandes proporções, Titto foi deixando as novelas cada vez mais de lado e começando a optar por liderar atrações. Já esteve à frente de programas do Multishow, MTV e do streaming da Amazon.

“É fod* porque novela toma muito tempo. Eu parei de estudar na sétima série, aprendi na raça. Imagina para um cara hiperativo ficar trancado 12 horas num estúdio”, refletiu o comunicador, que continuou explicando. “Depois que você começa a apresentar, a história muda por completo. Você prefere muito mais apresentar a atuar“, pontuou Titto.

Mion, que hoje comanda o Caldeirão na Globo, viu sua carreira já estabelecida subir de patamar quando liderou A Fazenda, na Record. Portanto, ele concordou com Felipe que apresentar muda a visão de um artista sobre seu próprio trabalho.

Escolher entre apresentar o meu programa, onde eu sou dono dos horários, conteúdos, convidados… Dono de absolutamente tudo, e estar na estrutura de uma novela, onde eu sou uma peça de tabuleiro e não consigo comandar nada. Preciso nem responder, né?”.

Confira outros textos AQUI.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....