Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
ENCERRAMENTO

Final da Pantanal antiga foi marcado por casamento seguido de morte

No remake, o último capítulo também deve ter muitas emoções

Publicado em 21/06/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O último capítulo da versão antiga de Pantanal foi muito marcante para os telespectadores. Muitas emoções aconteceram, entre coisas boas e ruins.

Tudo indica que as mesas cenas serão repetidas no remake produzido pela Globo. O final da segunda edição só irá acontecer daqui a uns meses, mas já é possível adiantar que ele trará muitas emoções para o telespectador.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A seguir você vê o que pode acontecer no remake sob a perspectiva do que aconteceu mesmo em 1990, quando a novela foi exibida na Rede Manchete.

Dois casamentos

Uma das emoções do final de Pantanal tem a ver com a união de um dos casais mais icônicos da novela: Filó, vivida pela atriz Dira Paes, e José Leôncio, interpretado por Marcos Palmeira.

Os dois decidirão oficializar o relacionamento após viverem anos somente como amantes e companheiros às escondidas – mesmo todos à volta saberem que eles se amam.

José Leôncio (Marcos Palmeira) e Filó (Dira Paes) em Pantanal

Todos vão estar na cerimônia e festa, que acontecerá na própria fazenda.

Curiosamente, na versão antiga, exibida em 1990 na Rede Manchete, outro casal também se casou nesta mesma ocasião: Tadeu e Zefa.

Tadeu, na primeira edição de Pantanal, foi vivido por Marcos Palmeira, e Zefa (que ainda entrará no remake da Globo na pele da atriz Paula Barbosa), foi feita por Giovanna Gold.

Morte acontece após dia de festa

O casamento de Filó e Zé Leôncio acontece sem maiores problemas e o casal tem uma noite romântica juntos.

Contudo, José acorda com uma sensação estranha quando o dia ainda nem amanheceu. “Que está me acontecendo?”, se pergunta o fazendeiro descendo as escadas com a mão no peito.

José Leôncio (Marcos Palmeira) em Pantanal

Ele segue sentindo dores e até pensa em ir para o hospital em São Paulo com a ajuda de Joventino (Jesuíta Barbosa).

Preocupado com a própria saúde, José Leôncio começa a conversar com o pai já falecido. “O que lhe aconteceu aquele dia que lhe tirou a vida, meu pai?”, indaga ele.

Um marruá? Uma boca de sapo? Não foi nada disso… Cê tá vivo, pai… Por que você não aparece, pai?“, questiona o marido de Filó, vendo em seguida a imagem de Joventino pai em um quadro. É quando ele sofre um infarto fulminante e morre.

Nas cenas seguintes, José Leôncio aparece ao lado do Velho do Rio, quem seu pai se tornou após desaparecer. O Velho se assume como Joventino e emociona o filho. Filó acorda e encontra o marido já morto na poltrona.

Velho do Rio (Osmar Prado) e José Leôncio (Marcos Palmeira) em Pantanal

Confira também: Pantanal: Saiba como primogênito de José Leôncio ‘fura olho’ de Jove e conquista Juma

Leia outros textos desta colunista.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....