Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
FINAL

Cena triste em O Clone: Lobato se acaba nas drogas e reencontra filhos

Herdeiros do dependente químico visitam o pai no hospital

Publicado em 04/05/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Lobato, personagem interpretado por Osmar Prado em O Clone, sofre com a dependência química a novela toda. Seu vício, porém, não é segredo para ninguém.

Ele abre o jogo para seus colegas e sua namorada, Carol (Thalma de Freitas), além de se tratar com um psiquiatra especializado nisso.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Uma das revelações que Lobato faz ao longo da trama é que as drogas e o álcool o afastaram de seus filhos, Monique e Pedro. Por causa de tudo o que fez no passado, ele fica anos sem falar com os dois herdeiros e não tem coragem para procurá-los.

Osmar Prado como Lobato e seu psiquiatra, vivido pelo ator Haylton Farias em O Clone

Lobato procura os filhos no final de O Clone

Nos capítulos finais de O Clone, Lobato toma coragem e vai atrás dos filhos. É como se fosse parte de seu tratamento contra a dependência química.

Sua filha Monique é vivida por Cynthia Falabella irmã de Débora Falabella, a Mel da novela. Já seu filho, Pedro, é interpretado pelo ator Caio Junqueira, que faleceu em 2019, quase 18 anos depois de atuar nesta novela.

Os dois são procurados por Lobato nos últimos capítulos, que deseja se reconciliar após anos de afastamento.

No entanto, o empresário acaba se acovardando e vai para o bar, onde bebe álcool e usa drogas. O veterano começa a surtar na rua e passa mal, até que chamam uma ambulância e os filhos, que sabem que o pai os procurou, conseguem ver a cena de longe.

Cynthia Falabella e Caio Junqueira interpretaram os filhos de Lobato (Osmar Prado) em O Clone

Cenas emocionantes

Monique sai correndo para ver o pai caído na rua e Pedro vai atrás, em desespero. Os dois aflitos e mesmo sem querer muito contato, vão atrás do pai no hospital.

A filha chora e pergunta porque o pai nunca mais os procurou. Lobato pede desculpas e chora também.

Lobato (Osmar Prado) em O Clone

Ao sair do quarto, ela se dirige ao irmão, bravo com toda a situação. “É o nosso pai”, diz Monique, mas Pedro é irredutível. “Ah é? E onde ele tava durante todo esse tempo?“, indaga o rapaz, magoado.

Depois, Lobato reconsidera visitar os filhos e é enfim bem recebido por Monique. Quando ele está no apartamento deles Pedro chega e a princípio não gosta da presença do pai por lá.

Mesmo com esse clima estranho, Lobato fica satisfeito com o reencontro, afinal, ele sempre sonhou em ao menos rever os filhos.

Monique (Cynthia Falabella) e Pedro (Caio Junqueira) em O Clone

No final, o personagem de Osmar Prado conclui sua reabilitação e se torna padrinho de Mel (Débora Falabella), que se interna também e abre uma clínica ao lado de Nando (Thiago Fragoso).

Confira também: O Clone: Nando perde a luta contra as drogas? Saiba o final

Leia outros textos desta colunista.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....