Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
SAUDADES

Atriz de O Clone enfrentou doença durante outra novela e faleceu precocemente

Mara Manzan interpretou Odete, mãe de Karla, na trama de Gloria Perez

Publicado em 22/03/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Atualmente, o trabalho de Mara Manzan pode ser contemplado com a reprise de O Clone no Vale a Pena Ver de Novo. Na trama de Gloria Perez, a veterana deu vida à ambiciosa Odete.

O papel de Mara na novela reprisada é envolto de humor e reviravoltas. Na reta final, a personagem comemora o golpe da barriga perfeito dado pela filha, Karla (Juliana Paes). As duas passam a morar em um apartamento com vista para o Piscinão de Ramos, sonho de Odete.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O que nem todo mundo que acompanha hoje O Clone sabe, é que Mara Manzan já não está entre nós há 12 anos.

A artista tinha apenas 57 anos quando faleceu, em 2009, em decorrência de um câncer de pulmão, tratado enquanto ela ainda gravava Caminho das Índias. Nesta novela, também escrita por Gloria Perez, Mara vivia a dona Ashima.

Mara Manzan em Caminho das Índias, em 2009

Quando descobriu o câncer, precisou ficar afastada de Caminho das Índias por várias semanas para fazer quimioterapia. Grace Gianoukas a substituiu nesse meio tempo.

À época do tratamento de Mara Manzan contra o câncer, sua colega de elenco Thaís Garayp falou à imprensa sobre o afastamento. “Existe um clima de tensão nos bastidores e estamos evitando falar sobre o estado de saúde da Mara. Ela é uma atriz bastante popular e carismática com todos. Vamos torcer para que tudo corra bem”, torceu a atriz.

Filha da atriz emocionada com O Clone

Com Mara em rede nacional novamente, a filha da atriz, Thati Manzan, consegue matar a saudade de sua arte e também do carinho dos fãs por conta da repercussão.

“É um grande privilégio ver minha mãe viva, não só nesta novela, mas em várias outras. Quando ela morreu, minha filha mais nova tinha quatro meses, então a Lara conhece e vê a avó viva por causa dos trabalhos na TV”, declarou ela, que também é atriz, em entrevista ao NaTelinha.

Thati conta que ao mesmo tempo em que se sente feliz por reviver os trabalhos da mãe, experimenta alguns sentimentos negativos. “É muito triste, porque minha mãe morreu muito nova. Existe um lado que me entristece, óbvio, ao assistir aos trabalhos dela”, revela.

Mara Manzan e Juliana Paes viveram Odete e Karla em O Clone (Reprodução)

Odete foi divisor de águas

Em O Clone, tanto Odete quanto Karla, personagem de Juliana Paes, são bem ambiciosas e não medem esforços para se dar bem na vida.

O sonho da mãe na novela, porém, não é tão grandioso: ela quer morar próximo ao Piscinão de Ramos, um dos locais de lazer mais populares do Rio de Janeiro.

Na história, Mara Manzan conseguiu marcar seu espaço no núcleo cômico principalmente por conta do bordão “cada mergulho é um flash!”, que, segundo a filha da artista, rendeu até homenagens na pele. “Soube recentemente que alguém até tatuou essa frase! A Odete foi realmente uma personagem muito importante e um divisor de águas na vida dela”, contou.

Thati relata que a presença de Mara em diversas novelas reexibidas no Viva e na Globo, assim como disponíveis no Globoplay, faz com que muita gente não se atente sobre sua morte. “Muitos se surpreendem e dizem: ‘Mentira que ela morreu!?’. Isso porque, nesses 12 anos, várias novelas que ela fez já foram reprisadas, então ela acaba ficando muito viva na memória do público“, explica.

Veja também: O Clone: Tavinho assume filho de Karla e Odete planeja outro golpe da barriga

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....