Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
SAIBA QUEM É

Atriz de Chiquititas foi a Zefa da versão antiga de Pantanal; confira

Artista hoje tem 57 anos e afirma que gostaria de um contrato de longo prazo

Publicado em 23/05/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Na versão original de Pantanal, exibida em 1990 na Rede Manchete, Giovanna Gold interpretou Zefa, par romântico de Tadeu, papel de Marcos Palmeira.

Agora, no remake produzido pela Globo, a personagem será vivida por Paula Barbosa. Já Tadeu é encarnado por José Loreto.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Zefa entra na novela como empregada de Maria Bruaca e Tenório. Ela vai movimentar a fazenda do vilão e também o coração do filho de Filó.

Zefa (Paula Barbosa), personagem que foi de Giovanna Gold

Giovanna Gold 32 anos depois

Mais de três décadas depois de ter atuado na versão original, Giovanna Gold vê pela TV o remake produzido pela Globo. O fato de não estar na nova novela até a deixou com certo ciúme, mas segundo a artista de 57 anos, isso “faz parte”.

Giovanna faz uma crítica à exibição de Pantanal em diversos países, mas sem dar retorno financeiro ao elenco. “Sinto que a novela viajou o mundo e só recebi uma vez, quando reprisou no SBT, com uma cópia péssima e cenas puladas. Isso é triste. Esse desprezo pelas obras de arte do Brasil é lamentável, gostaria que a novela fosse restaurada. E que me pagassem, claro“, afirma ao colunista Zean Bravo, do jornal Extra,

Ela ainda contou como seu papel da primeira Pantanal transformou sua vida profissional. “Eram tantos testes e neca! Quando o (diretor) Jayme Monjardim me chamou para entrar no capítulo 57, e disse: ‘Só tem uma fala até agora, tudo bem? Tem muito personagem masculino’. Respondi: “’Claro!’. O meu destino mudou, minha carreira deslanchou“, declara ela.

A atriz Giovanna Gold

Detalhes dos bastidores como a Zefa de Pantanal

Ao relembrar as gravações de Pantanal na Manchete, Giovanna Gold cita algumas situações inusitadas.

“Banho de rio com Tadeuzinho com temperatura de 7 graus. A Zefinha usava um casaquinho fuleiro amarelinho antes de ficar pelada que nem tuiuiú (risos). Naquele dia, a gente viu um monte de filhotinhos de jacarés, do tamanho da palma da mão“, conta.

O par romântico que fez com Marcos Palmeira, ator que está no elenco do remake global como o protagonista José Leôncio, rendeu boas histórias de bastidores. Mas além do coleguismo no set, Giovanna garante que sentiu interesse pelo ator.

Giovanna Gold e Marcos Palmeira na versão antiga de Pantanal

“Eu o conhecia de vista no colégio São Vicente de Paulo. Ele era interessantíssimo. Usava colar de índio, cabelo de índio, família de artistas, sempre tive uma atração por ele. Certa vez, soube que ele estava solteiro. Eu o encontrei na Lagoa. Falei que se me convidasse para conhecer a fazenda dele, eu aceitava. Ele pegou meu telefone. Em seguida, já estava casado. Nunca mais o vi.“, diz Giovanna

Quer oportunidades

Com 40 anos de carreira, Giovanna Gold pontua que gostaria de ter mais oportunidades. Nos últimos anos, ela esteve em trabalhos diferentes em diversos canais de TV.

Entre os mais recentes projetos estão Chiquititas, no SBT, onde ela interpretou Carmen, e Gênesis, da Record TV, onde participou dando vida a Sâmila.

Carmen (Giovanna Gold) em Chiquititas (Reprodução / SBT)

Hoje gostaria de ter um contrato de longo prazo. Também acho que mereço ser validada como a atriz que faz personagens queridos do público e respeitada pela profissional que sou. Essa é minha versão. Creio no tempo de Deus, sabe?”, finaliza a artista.

Não deixe de conferir também: Remake de Pantanal vai ter duas ‘Jumas Marruá’

Leia outros textos desta colunista.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....