Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Clássico do cinema

SBT reforça domingo com Marley & Eu, saiba o horário e descubra curiosidades sobre o filme

O filme é baseado no bestseller do The New York Times publicado em 2005

Publicado em 06/01/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O filme Marley & Me, de 2008, será a aposta do SBT para a grade de domingo da emissora. A comédia dramática será levada ao ar dentro da sessão Cinema de Graça, logo após o Programa Silvio Santos. Dirigido por David Frankel, o longa é baseado em fatos reais e traz Owen Wilson e Jennifer Aniston nos papeis centrais. Por abranger catorze anos da vida de Marley, vinte e dois labradores diferentes interpretaram o papel de Marley.

A coluna traz algumas curiosidades sobre Marley & Eu, que talvez você não saiba. O filme, no caso, se baseou no bestseller do The New York Times publicado em 2005. O nome original do livro era Marley e Eu: Vida e Amor com o Pior Cão do Mundo. Marley, um Labrador Retriver, viveu 13 anos.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O Marley real, acredite, fez uma única atuação num filme, em 1998, chamado The Last Home Run. Foram apenas 2 minutos e nos crédito aparece “Marley, o cachorro … como ele mesmo”.

Entre outras, os pais verdadeiros de Owen Wilson (ator principal) atuaram como pais do personagem John Grogan. A maior dificuldade da mãe dele era não chamar ele de Owen. As gravações do longa, por sua vez, foram realmente feitas nas redações dos jornais Sun-Sentinel e Philadelphia Inquirer.

O verdadeiro John Grogan (autor do livro que deu origem ao filme) aparece no filme, na cena de treinamento dos cachorros como dono de um Cocker Spaniel.

Sinopse de Marley & Eu

O filme acompanha o jovem casal John e Jenny que adotam um irresistível filhote de labrador. O pequeno Marley encanta a todos com seu jeito brincalhão e puro. Ele logo cresce e se torna um cachorrão amigo, porém desajeitado, incontrolável e incorrigível.

A confusão e bagunça que ele faz na casa, não abalam a história de carinho, companheirismo e lealdade que ele criou com toda a família.

SIGA ESTE COLUNISTA NAS REDES SOCIAIS: INSTAGRAM E TWITTER

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....