SBT divulga impactante trailer da série A Usurpadora em comemoração dos 40 anos: “Quando elas se encontrarem, nada será igual”

Reboot do clássico de 1998 apresenta Sandra Echeverría como protagonista

Publicado em 16/09/2021 20:13
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O SBT foi parar no topo do trending topics do Twitter, ao anunciar, na tarde desta quinta-feira (16), a primeira chamada do reboot de A Usurpadora, produzida no ano de 2019 pela rede mexicana Televisa como parte do projeto Fábrica de Sonhos. A releitura do clássico que projetou Gaby Spanic no mundo, debutará em breve na grade da emissora.

Cenas de tirar o fôlego, com 1:41 minutos de arte, apresentaram frases de impacto, algumas narradas pela voz padrão do canal de Silvio Santos. “Já ouviu falar que em alguma parte do mundo tem alguém idêntico a você?”, “quando elas se encontrarem, nada será igual” e “um plano perfeito, um erro fatal”, deram tom atrativo ao thriller policial divulgado.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A série traz Sandra Echeverría como protagonista e Andrés Palácios como seu par de cena. A superprodução chega ao Brasil como especial na comemoração dos 40 anos do SBT, completados no mês passado.

Patricio Wills, atual presidente da Televisa, descreveu a série como um dos maiores desafios já feitos. “É um dos maiores desafios que temos feito mantendo essa história em uma série de alta qualidade que vai viajar pelo mundo.”

A data de estreia de A Usurpadora ainda é mantida em sigilo pelo SBT, por questões estratégicas e será divulgada no momento oportuno. Nas redes sociais, o título da novela também esteve entre os mais comentados entre o final da tarde e início da noite de hoje, agitando a comunidade dos amantes das obras latinas.

Saiba mais detalhes sobre a série, no Olhar Latino!

A carreira da atriz Sandra Echeverría também foi marcada com o papel de Jade, de O Clone, na versão colombiana da história, produzida pela Telemundo no ano de 2010. Ela dividiu protagonismo com Mauricio Ochmann, que ficou com os papeis que foram de Murilo Benício na trama original: Lucas, Diogo e Léo.

Na Televisa, antes de A Usurpadora ela havia protagonizado uma única novela: A Força do Destino, ao lado de David Zepeda.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio