Para impulsionar programa de Silvia Abravanel, SBT resgata animação ‘dor de cabeça’ para Warner

Desenho foi inspirado no personagem de Harrison Ford no filme O Fugitivo, de 1993

Publicado em 26/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na manhã desta segunda-feira (26), o SBT surpreendeu o público do Bom Dia & Cia ao resgatar a animação Projeto Zeta, exibido com êxito dentro do próprio infantil entre os anos de 2003 e 2015. Criado por Robert Goodman e lançado pela Warner em janeiro de 2001, diferente do Brasil, nos Estados Unidos a animação foi um fracasso, totalizando 26 episódios divididos em duas temporadas.

A ‘volta ao passado’ tem como único objetivo reviver a boa fase da atração infantil, que desabou em audiência nos últimos dois anos e tem sofrido

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Projeto Zeta conta a história do sintozóide Zeta e sua parceira Rosalie “Ro” Rowan, que estão escapando dos agentes do NSA enquanto tentam provar que ‘Z’ não é uma ameaça. A descontinuação da série fez com que muitos pontos importantes da história ficassem sem explicação.

A primeira aparição de Zeta aconteceu no episódio 20 da segunda temporada de Batman do Futuro, intitulado ‘Zeta’. Lá, o Batman vai investigar o androide que fugiu de uma agência militar de segurança e está colocando a vida das pessoas em risco.

É então que descobre-se que o Zeta foi mandado para assassinar um inocente. E isto faz com que sua consciência desperte e ele abandone sua programação inicial. Por isso ele fugiu da agência e agora passa a ser perseguido por ela. Eles acreditam que o sintozóide foi sabotado por terroristas. A Warner, por sua vez, considera este o primeiro episodio oficial de Projeto Zeta.

A animação, pra quem não sabe, teve como inspiração o personagem Richard Kimble, interpretado por Harrison Ford no longa O Fugitivo, de 1993. O conceito do Projeto Zeta era pra ser uma versão robótica de Kimble, que na trama é acusado de assassinar a própria esposa e depois foge na tentativa de encontrar o verdadeiro assassino a fim de provar sua inocência.

A ideia também era que Zeta fosse um desenho violento e sombrio para que ele se aproximasse mais do universo do Batman do Futuro, mas a Warner interviu e encomendou mudanças para atingir um público mais infantil.

No 8º episodio de Projeto Zeta, o Batman ataca ‘Z’ acreditando que o sintozóide voltou à programação original. Mas ele descobre que tinha outro robô se passando por Zeta. No penúltimo episodio do Batman do Futuro, Zeta e Ro vão ate a Nova-Gotham e precisa unir forças com Terry Mcginnis para enfrentar o vilão que sabotou o ‘Z’.

Um robô da linha Z8, a mesma da qual Zeta pertence, também apareceu em Liga da Justiça – Sem Limites. No episódio da série, a Supergirl e o Arqueiro Verde são atacados por um robô. Neste episodio descobrimos que um general, antigo inimigo do Superman, estava envolvido na criação de um sintozóide.

Ele se sentiu humilhado por ter perdido seu título militar depois de se aliar a Lex Luthor e ter sido derrotado pelo Superman. E isso foi mostrado na série animada do próprio Superman.

Esses robôs mostram uma aparência diferente do que a gente tem do Zeta, principalmente a cabeça. A ideia do criador era usar este mesmo visual no ‘Z’ justamente porque ele tinham um visual mais sombrio, mas por um pedido da Warner o visual foi alterado para que ele se tornasse mais amigável.

Essa nova aparência foi criada pelo artista Ovi Neelcu, que é o mesmo de Juniper Lee e As Aventuras de Jackie Chan. Outro detalhe é que descobriu-se também que Ro tem um irmão mais velho, mas como a série foi cancelada, este plot nunca foi desenvolvido e seu objetivo, então, é um mistério até hoje.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio