Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Luto

Morre aos 62 anos Lúcio Tabarelli, o repórter policial mais antigo do Brasil Urgente, da Band

Jornalista sofreu acidente doméstico e estava na UTI desde o sábado (7)

Publicado em 15/03/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Morreu na manhã desta terça-feira (15) Lúcio Tabarelli, aos 62 anos. Ele foi o repórter com mais tempo de atuação no campo policial pela Band. Estava internado na UTI do Hospital Municipal de Taubaté desde o sábado (7) após sofrer uma queda de laje e precisou ser intubado.

Lúcio Tabarelli se popularizou através do Brasil Urgente, de José Luiz Datena, onde firmou sua imagem como repórter favorito do apresentador e um dos profissionais mais respeitados e queridos na redação de jornalismo da emissora.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Lúcio Tabarelli em reportagem do Brasil Urgente (Reprodução: Band)

No Facebook, Regina Pastori, jornalista e amiga de Lúcio, detalhou um pouco mais sobre as características dele como profissional e ser humano. “Oi, oi, oi, no décimo oi morreu um boi” – era assim que o jornalista Lúcio Tabarelli começava seus offs. Um som que nunca saiu da minha cabeça.

Ele gostava de manter as suíças, por isso em vários momentos eu o chamava de Dom Pedro. Majestoso na capacidade de parir reportagens do nada ele “literalmente” tirava leite de pedra. De um assunto que muitas vezes não rendia um único vt ele conseguia trazer para redação pelo menos 3 vts.

Um contador de histórias sem igual. Ia conversando com a câmera e nos envolvia com sua histórias. Um ser humano que sempre trilhou o caminho da humildade. Dono de um coração enorme e muita espiritualidade. Hoje ele foi contar suas histórias em outro universo”, escreveu ela em homenagem.

Saída da Band

O desligamento de Lúcio Tabarelli da Band aconteceu em 2018 após um corte na folha de pagamento, onde mais de 100 funcionários dos mais diversos departamentos foram dispensados.

Tabarelli demonstrou evolução no hospital

Na sexta (11) a coluna noticiou sobre o estado de saúde do repórter. Até então Tabarelli já demonstrava uma evolução no quadro e tinha reagido a estímulos nos braços e pernas.

Os médicos e a família aguardam que ele voltasse à consciência. Embora a intubação, Lúcio fazia uso de apenas 30% de oxigênio, mas respirava normalmente pela boca.

Condolências

Lamento profundamente o falecimento de Lúcio Tabarelli – profissional de grande coração com quem tive o privilégio de trabalhar e aprender durante rica passagem pela Band. À família, amigos e colegas, meus sentimentos.

SIGA ESTE COLUNISTA NAS REDES SOCIAIS: INSTAGRAM E TWITTER

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....