Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Anos 90

Fausto Silva e Renato Aragão trocaram acusações na Globo, afirma diretor do documentário sobre Os Trapalhões

Comediante teria atribuído sua baixa audiência ao "Domingão", que o antecedia

Publicado em 16/11/2021
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Rafael Scapa, jornalista e diretor de cinema responsável pelo projeto do documentário que mostra os bastidores do extinto grupo Os Trapalhões, trouxe à tona uma história de desavenças entre Renato Aragão e Fausto Silva no passado. Em entrevista a Rogério Vilela no canal Inteligência Ltda, do YouTube, o profissional afirmou que o intérprete de Didi Mocó atribuiu a sua baixa audiência ao programa de Fausto.

Mas Rafael foi muito mais além! Segundo ele, nos primeiros meses de Fausto Silva na Globo rolava uma conversa de que Renato Argão tentou puxar o tapete do colega. “Assim que o Faustão entra para a Globo (ele era do Perdidos na Noite), então tinha o Faustão, depois tinha Os Trapalhões e depois o Fantástico.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Na época em que o Faustão chega, Os Trapalhões já estão em declínio, a audiência começa a baixar e o Renato começa a falar que o Faustão entregava a audiência baixa e por isso é que o program [Os Trapalhões] ia mal. E o Faustão falava assim: ‘Não, o meu programa está bem, o seu é que está indo mal’.

E aí criam uma coisa que o Faustão acha que o Renato chegou a tentar puxar o tapete dele. Renato não assumiu a responsabilidade do programa ter ido mal e jogava nas costas dele. E o Renato tem essa característica“, reforçou o diretor.

Mais do documentário Trapalhadas Sem Fim

Sem definição, Trapalhadas Sem Fim, como vem sendo chamado o projeto, ainda não conta com o apoio de Renato Aragão e Dedé Santana, os únicos Trapalhões vivos. A obra acabou afetado pela pandemia do coronavírus, que deixou o cenário cultural ainda mais confuso, segundo Spaca.

Com a produção iniciada em agosto de 2018, Trapalhadas Sem Fim, chegou a negociada com a Record TV. “Havia um otimismo em relação ao desfecho, o que acabou não acontecendo. Estamos agora aguardando uma resposta da RedeTV!“, disse Spaca em entrevista ao Observatório da TV em 2020.

Rafael Scapa já escreveu dois livros sobre o grupo: As HQs dos TrapalhõesO Cinema dos Trapalhões. Na ocasião, o autor do documentário revelou, ainda, que existem negociações em sigilo com plataformas e canais fechados, e que planeja levar o projeto também para a CNN Brasil.

O projeto contará com entrevistas de Angélica, Tony Ramos, Caetano Veloso, Regina Duarte, Fábio Jr., Elba Ramalho, Ary Toledo, Ney Matogrosso, Pelé, Sérgio Mallandro, entre outros.

SIGA ESTE COLUNISTA NAS REDES SOCIAIS: INSTAGRAM E TWITTER

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....