Ex-No Limite, Mahmoud Baydoun perde a noção ao tentar salvar afegãos usando aplicativo de sexo

O sexólogo disse que estava preocupado com a comunidade gay do país

Publicado em 16/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em meio ao caos no Afeganistão, em que a população está tentando deixar o país um dia após o Talibã tomar o poder. A manhã desta segunda-feira (15), aqui no Brasil, foi marcada por um comentário sem noção sobre o tema, vindo do ex-BBB e No Limite Mahmoud Baydoun, que tentou usar o Grindr – um aplicativo de pegação voltado para o público LGBT – para entrar em contato e oferecer ajuda a moradores locais.

O sexólogo de 31 anos, disse que estava preocupado com a comunidade gay do país – que teve sua capital tomada pelo Taleban, tentou mudar a localização do Grindr para conversar com afegãos. Mas a tentativa foi frustrada e ao relatar isso em sua conta oficial no Twitter, Mahmoud se deu mal e recebeu uma verdadeira enxurrada de críticas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Estou preocupado com os LGBTs do Afeganistão. Mudei a localização do Grindr pra Cabul pra perguntar se alguém precisa de ajuda, mas o app não roda lá. Tenso!”, escreveu ele, sem provavelmente imaginar o estardalhaço que causaria na rede social.

Diante da repercussão, Mahmoud Baydoun tentou de alguma forma de justificar a atitude. “É um aplicativo de rede sociaL, antes de ser um serviço de namoro online. É um forma de se comunicar com alguém. Qual é o problema de vocês?!”, insistiu.

Confira os comentários no Twitter:

SIGA ESTE COLUNISTA NAS REDES SOCIAIS: INSTAGRAM E TWITTER

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio