Boicotada em especial de novelas, Regina Duarte manda recado: “Maior que a Globo”

Atriz agradeceu ao público em mensagem sobre os 70 anos da telenovela no Brasil

Publicado em 23/12/2021 13:51
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Regina Duarte veio a público se manifestar sobre os 70 anos da telenovela no Brasil e aproveitou para dar uma cutucada em sua antiga emissora, a TV Globo, após ser completamente ignorada no especial que a empresa preparou para comemorar a data. No Instagram, a atriz aposentada publicou a manchete de uma notícia sobre ter sido rejeitada no programa e acrescentou uma legenda por cima dizendo “Regina, você é maior que a Globo”.

Na mesma publicação, Regina Duarte, que atualmente pode ser vista na reprise de Páginas da Vida pelo canal Viva, escreveu palavras de gratidão ao público e atribuiu à vida as oportunidades que teve ao longo dos anos na teledramaturgia.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“O maior sentimento que me invade nas comemorações dos setenta ano de telenovela é gratidão. A vida me deu oportunidades fantásticas de me jogar num trabalho que não beneficiou só a mim. A maioria dos brasileiros receberam comigo um presente carregadinho de amor, de alegrias de identificação com as mais genuínas emoções humanas”, expressou a veterana.

Mais boicote

Protagonista de Vale Tudo (1988-1989), a atriz Regina Duarte foi boicotada pela TV Globo em uma matéria sobre a novela, levada ao ar no Fantástico no início do ano. A intérprete Raquel Accioli, ao contrário do diretor Dennis Carvalho e dos atores Antônio Fagundes, Glória Pires, não foi convidada a dar entrevista.

Atriz exonerada de cargo público

No dia 10 de junho de 2020, em edição do Diário Oficial da União (DOU) a exoneração da atriz Regina Duarte do cargo de Secretária Especial da Cultura foi oficializada. No documento, a saída da ex-secretária foi caracterizada como “a pedido”.

Duarte deixou o cargo após uma série de críticas da classe artística por sua falta de políticas voltadas ao mercado, que vem sofrendo com a pandemia do coronavírus, que, ao fechar teatros, cinemas e museus, impede o sustento de profissionais com ofício sazonal.

A permanência da atriz no cargo se tornou insustentável após desastrosa entrevista à CNN Brasil, na qual Duarte minimizou as mortes e torturas no período da ditadura militar brasileira, e se recusou a escutar apelo da atriz Maitê Proença, deixando a entrevista ao vivo.

SIGA ESTE COLUNISTA NAS REDES SOCIAIS: INSTAGRAM E TWITTER

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio