Âncora do Jornal da Record, Christina Lemos discursa sobre quebra de paradigma ao ser premiada: “Atravessei uma vida de preconceitos”

Jornalista recebeu o troféu de Melhor Âncora de TV através de votação popular

Publicado em 18/11/2021 02:07
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um ano e meio após assumir a bancada do Jornal da Record, Christina Lemos, reconhecida por seus anos de trabalho como repórter e correspondente de política em Brasília, foi contemplada através de voto popular no Prêmio Comunique-se 2021 com o troféu de Melhor Âncora de TV aberta. Ao subir no palco da cerimônia que aconteceu na noite de terça (16), a jornalista discursou emocionantes palavras de agradecimento.

Lemos citou uma de suas referências na profissão: Tereza Cruvinel, reconhecida jornalista de política, expressou sua gratidão à Record TV, emissora em que atua desde que migrou do impresso para rede nacional e polemizou ao cutucar a concorrência e falar do desafio que foi se projetar e fazer sucesso na carreira sendo uma profissional da Record TV.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uau, isso é o que eu chamo de quebra de paradigma, eu jamais imaginei receber esse prêmio com apenas um ano e cinco meses à frente do Jornal da Record, o que é uma absoluta honra. Estou super emocionada de estar falando aqui para colegas pelos quais eu tenho imensa admiração.

Subir ao palco onde já esteve a Tereza Cruvinel, por exemplo, é algo que eu jamais imaginei, são pessoas as quais eu me espelhei a vida inteira para escrever algo, para narrar algo, para reportar algo […] Muito obrigada, em nome de toda a equipe do Jornal da Record.

“Uma vida de preconceitos”

Christina Lemos no palco do Prêmio Comunique-se 2021 (Reprodução: YouTube)

Gostaria de expressar a minha gratidão à Record TV. É uma empresa que me deu 100% das minhas oportunidades profissionais, e se é um grande gesto de resiliência ser repórter, ser repórter da Record TV é duplamente um desafio porque é preciso atravessar uma vida de preconceitos: eu atravessei.

Eu atravessei mais de 25 anos de preconceitos sendo repórter da Record TV e eu fiz com muita honra e com muitíssima honra eu recebi o convite para ancorar o Jornal da Record, um jornal absolutamente respeitoso em cada palavra, um jornal que não pensa pelo telespectador.

Ele não induz, ele noticia com respeito, eu tenho muito orgulho do Jornal da Record, do time do Jornal da Record”, sintetizou ela, que em seguida fez novas menções de agradecimento, desta vez a Antônio Guerreiro, atual vice-presidente de jornalismo a Record TV.

E continuou: “Eu larguei 42 anos de Brasília para continuar sendo uma outsider, só que agora em São Paulo, então eu sigo sendo uma outsider, com muita alegria, com muita galhardia e com bom humor como ele bem me recomendou.”

Christina Lemos Unica é uma das poucas âncoras de TV aberta com mais de 50 anos de idade – Mariana Godoy (Fala Brasil) e Renata Lo Prete (Jornal da Globo) são outros exemplos. Lemos, em outras oportunidades já comandou atrações na Record News e no R7 ela assina um blog onde comenta os principais fatos de Brasilia.

Assista o discurso de Christina Lemos a partir de 2:37:32 –

SIGA ESTE COLUNISTA NAS REDES SOCIAIS: INSTAGRAM E TWITTER

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio