Verdades Secretas 2 abraça o absurdo e mostra que não é uma trama para se levar a sério

Walcyr Carrasco jogou no lixo a primeira temporada com esta continuação nonsense

Publicado em 18/12/2021 09:59
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cada lote de dez episódios lançados de Verdades Secretas 2 no Globoplay, aumentava a sensação de que a trama, na verdade, era uma grande farofa. Walcyr Carrasco não economizou nos absurdos de uma história que, agora concluída, mostra que não fez o menor sentido. Mas, pelo jeito, era essa mesmo a intenção.

Carrasco tem a mão pesada para criar soluções absurdas, incoerentes e inverossímeis, todos sabemos. Suas novelas, sobretudo as do horário nobre, são, na verdade, apanhados de entrechos “inspirados” em livros e filmes, amarrados por um frágil fio. Os personagens não têm profundidade: normalmente são tapados, e mudam de personalidade ao sabor do rumo do enredo (ou da falta dele).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ou seja, neste contexto, Verdades Secretas 2 é Walcyr Carrasco em sua melhor forma. O maior problema da trama é que ela é uma continuação de uma outra novela, que tinha uma pretensão um tanto mais arrojada. Claro, Verdades Secretas tem muito do DNA do autor, mas havia uma trama forte no centro, que foi desenrolada, na maior parte do tempo, de maneira eficiente.

Com isso, esperava-se que Verdades Secretas 2 pudesse manter o mínimo da “classe” (entre muitas aspas) da primeira temporada. Mas não foi isso o que aconteceu. Na verdade, praticamente tudo o que foi visto na primeira leva pode ser jogado na lata do lixo. Nada do que aconteceu na primeira temporada tem importância na nova história, pelo contrário. Verdades Secretas 2 é uma continuação que ignorou o fato de ser uma continuação.

Se houvesse este cuidado, não haveria, por exemplo, esta paixão sem sentido de Giovanna (Agatha Moreira) por Angel (Camila Queiroz). Nada do que foi visto na primeira temporada justifica este amor incondicional que foi revelado na nova safra. Foi, na verdade, um argumento apelativo para justificar a obsessão de Giovanna por Angel. Simplesmente não havia uma explicação, então o autor tratou de pegar o caminho mais curto.

Angel perdeu personalidade e protagonismo. A “heroína” foi mostrada, apenas, como uma mulher volúvel, que nada a favor da maré e explora qualquer pessoa que passe pelo seu caminho. Houve uma tentativa de explicar sua trajetória em razão de seu amor maternal. Tudo o que ela fez foi para tratar de uma doença do filho. Bobagem! Angel nunca foi mostrada como uma boa mãe, pelo contrário. Não colou.

Por fim, o retorno de Alex (Rodrigo Lombardi) no episódio final foi a pá de cal que Verdades Secretas 2 jogou sobre a primeira Verdades Secretas. Se o empresário está mesmo vivo (vai saber, né? De repente, na terceira temporada, descobrimos que se trata de um fantasma ou um sósia…), nada do que aconteceu na fase inicial tem importância.

Pior: ao colocar Alex como alguém que surge para dar cabo de Angel, Verdades Secretas 2 o coloca na posição de justiceiro. O empresário fez tudo de ruim na primeira temporada. Destruiu a família de Angel e a corrompeu. E agora ele volta como se fosse um vingador?

Em suma, Verdades Secretas 2 foi feita para os fãs do Walcyr Carrasco de A Dona do Pedaço, ou de O Outro Lado do Paraíso. Cafona, incoerente e pretensioso. Para quem buscava algo minimamente parecido com a primeira temporada, ficou a frustração.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Leia outros textos do colunista AQUI

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio