Reprise de O Cravo e a Rosa surfa na nostalgia do Vale a Pena Ver de Novo “clássico”

A trama do ano 2000 resgatou o hábito de se assistir novela após o Jornal Hoje

Publicado em 04/01/2022 20:24
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Oficialmente, o Vale a Pena Ver de Novo começa por volta das 16h45 nas tardes da Globo, com a reexibição de O Clone. Mas, ao apostar numa “edição especial” de O Cravo e a Rosa na faixa das 14h40, a emissora não apenas conseguiu reverter a queda de audiência do horário, como resgatou no espectador mais antigo um sentimento de nostalgia.

Isso porque, tradicionalmente, o Vale a Pena Ver de Novo era exibido no início da tarde até 2014, quando a direção da Globo optou por inverter o horário da reprise de novela com a Sessão da Tarde. Em seus vários anos no ar, a faixa de repetecos de folhetins já sucedeu o Jornal Hoje e o Vídeo Show na grade. Chegou a entrar no ar por volta das 13 horas nos seus primórdios. Em seus últimos anos antecedendo o filme, começava em torno de 14h30.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com isso, a música clássica que embala a vinheta do Vale a Pena Ver de Novo até os dias de hoje se tornou um “hino pós almoço” daqueles tempos. É como se a vinheta lembrasse a audiência de que era o momento de relaxar depois da refeição e assistir uma novela clássica. Valia até uma cochiladinha entre uma cena e outra.

Desta vez, não há a música clássica, nem mesmo um nome para a faixa que abriga a reprise de O Cravo e a Rosa. Mas, ainda assim, ao se deparar com uma novela clássica logo depois das notícias do Jornal Hoje, o espectador é automaticamente transportado para aqueles anos em que a novela fazia parte do início da tarde.

Até aqui, a reapresentação de O Cravo e a Rosa tem sido vitoriosa na missão de frear o Balanço Geral e o quadro A Hora da Venenosa, da Record TV. Semana a semana, a trama de Walcyr Carrasco e Mário Teixeira vai ganhando mais público, ressaltando o fenômeno que é a saga de Catarina (Adriana Esteves) e Petruchio (Eduardo Moscovis).

O sucesso da reprise faz levantar o seguinte questionamento: valeu a pena para a Globo trocar o horário do Vale a Pena Ver de Novo? Ter uma reprise de novela no início da tarde não era uma alavanca mais interessante do que no fim da tarde? Afinal, foi precipitada a decisão de inverter o Vale a Pena Ver de Novo e a Sessão da Tarde?

Independentemente de quais sejam as respostas a tais questionamentos, fato é que a grade tem funcionado bem com as duas reprises, uma no começo e outra no fim da tarde. Enquanto O Cravo e a Rosa breca Fabíola Reipert, O Clone também tem visto seus números crescerem na faixa das 17 horas.

Se considerarmos que O Clone deverá ocupar a vaga de Malhação: Sonhos dentro de poucos dias, já que a novela teen sairá do ar após a atual reprise, a trama de Gloria Perez começa a crescer na audiência justamente quando se tornará uma alavanca para a novela das seis. Ou seja, a Globo parece ter acertado em cheio ao apostar em duas novelas à tarde.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Leia outros textos do colunista AQUI

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio