Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Comentário

Perdido, Fofocalizando precisa retornar às origens

O vespertino do SBT está pouco inspirado

Publicado em 16/12/2021
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Quando entrou no ar, com o nome Fofocando, o Fofocalizando tinha uma proposta clara: reunir “expoentes da fofoca” para uma mesa redonda sobre a vida alheia. Leão Lobo e Mamma Bruschetta, que há anos atuam no segmento, trocaram a Gazeta pelo SBT justamente para liderarem o “esquadrão”.

Em sua trajetória de mudanças de nome e elenco, Fofocalizando chegou a ter em seus quadros Léo Dias, Décio Piccinini e Chris Flores, outros nomes também ligados ao jornalismo de entretenimento. E também teve Mara Maravilha e Lívia Andrade, nomes não relacionados à temática, mas que buscavam dar um tempero (ou polêmica) à conversa.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Atualmente, apenas Chris Flores segue no time, com a competência que lhe é peculiar. A jornalista não apenas tem ampla experiência na cobertura de celebridades, como já é “bicho de TV”, comunicando-se com talento, simpatia e tarimba.

No entanto, no mais, Fofocalizando já não tem nada de sua proposta inicial. Atualmente coapresentado por Gabriel Cartolano, Flor e Gabi Cabrini, o vespertino perdeu sua identidade, caminha no piloto automático e não empolga. Seria interessante se a atração resgatasse sua ideia original e voltasse a investir em profissionais tarimbados da área.

Leia outros textos do colunista AQUI

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....