Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Apanhado da semana

Globoplay e HBO Max dão passos largos na consolidação da dramaturgia no streaming

Olho por Olho e Segundas Intenções iniciam transformação

Publicado em 12/03/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A Globo surpreendeu a todos ao anunciar, nesta semana, que a novela de João Emanuel Carneiro que substituiria Pantanal será produzida para o Globoplay. Será a primeira obra aberta para o streaming, e a primeira novela produzida na plataforma 100% original (Verdades Secretas 2, vamos combinar, surfava no apelo de sua primeira temporada).

O anúncio veio pouco tempo depois de a HBO Max anunciar uma parceria com a Band para escolher uma atriz que irá atuar em sua primeira telessérie. O programa Faustão na Band promoverá um concurso que definirá uma das estrelas de Segundas Intenções, obra assinada por Raphael Montes e que terá Camila Pitanga no elenco principal.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Ao anunciar o concurso, a HBO Max deu detalhes de como será a sua primeira novela, que eles preferem chamar de telessérie. Basicamente, Segundas Intenções será uma história de vingança, tal qual Avenida Brasil (2012), sucesso de João Emanuel Carneiro. Que também narrará uma história de vingança em sua novela para o Globoplay.

Ou seja, são dos anúncios feitos quase que ao mesmo tempo e que agitam a teledramaturgia brasileira que vem sendo pensada para os serviços de streaming. Com Segundas Intenções, a HBO Max se coloca como uma concorrente real às novelas da Globo. E o Globoplay, com Olho por Olho, mostra que comprou esta briga e pretende continuar sendo referência em novelas.

O desempenho destas duas produções deve ditar o futuro da teledramaturgia brasileira, tanto para a TV aberta quanto para o streaming. Há uma transformação acontecendo e é bom ficar atento ao que vem por aí.

Fora do sol 1

Falando em novelas, a reta final de Um Lugar ao Sol tem decepcionado os fãs do folhetim de Lícia Manzo. A trama mandou muito mal ao transformar Stephany (Renata Gaspar), uma vítima de violência doméstica, em vilã. Além de não ter nada a ver com a trajetória da personagem até aqui, a mudança de rumo atrapalha a boa campanha contra a violência feita pela novela. Nada a ver.

Fora do sol 2

Outra situação decepcionante foi a demora do início do relacionamento entre Ilana (Mariana Lima) e Gabriela (Natália Lage). O casal injetou um novo conflito na trama, que é a dificuldade de Ilana de se aceitar e assumir sua relação com a médica, o que rende excelentes diálogos. Deixar este plot apenas para a reta final parece um desperdício, pois se trata de um baita casal!

Errei de TV

Mais uma vez, a RedeTV! promoverá a inversão de horários entre o TV Fama e o RedeTV News. A manobra já foi tentada uma vez e só serviu para esvaziar os dois programas, que iam muito bem em seus horários originais. Por que agora acham que vai ser diferente?

Sem graça

Ao anunciar que o Altas Horas passará a ir ao ar depois da novela das nove quando o BBB 22 acabar, a Globo decreta, em definitivo, sua faixa de humor das noites de sábado. Depois que cancelou o Zorra, a emissora anunciou que formataria uma atração nova, o que não aconteceu. O horário, então, passou a ser ocupado pelo Vai que Cola, do Multishow. Agora, nem mesmo reprises da sitcom manterão a tradição. Como se nota, humor não é mais uma prioridade na Globo.

Todo sábado, a coluna relembra o que foi assunto por aqui. Um bom fim de semana e até a próxima!

Confira outros conteúdos da coluna e do colunista ou entre em contato

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....