Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Comentário

Faustão perde chance de reinvenção ao “replicar” Domingão na Band

O animador continua fazendo que sempre fez em 30 anos de Globo

Publicado em 07/02/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Depois da estreia estrondosa, Faustão na Band manteve a emissora num quarto lugar de audiência. Os resultados são bons para os padrões do canal, mas há quem esperava mais, em razão do apelo de Faustão e do grande investimento em conteúdo. Sendo assim, como Faustão na Band poderia tentar fortalecer seu público?

Sem dúvidas, foi uma ousadia e tanto da Band apostar num programa diário tão grandioso. Faustão na Band reúne tudo o que consagrou o Domingão do Faustão em seus últimos anos na Globo. São os mesmos quadros do dominical, que se revezam de segunda a sexta. A produção, até aqui, tem conseguido manter o nível artístico elevado, mas, sem dúvidas, trata-se um desafio e tanto.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Porém, há que se refletir, também, sobre até que ponto foi uma boa ideia replicar o Domingão do Faustão. Trata-se de um formato que o apresentador já explorou por mais de 30 anos. Não seria, então, a chance de aproveitar esta mudança de emissora para promover, realmente, uma mudança de rota?

Claro, apostar numa nova versão do Domingão do Faustão é apostar no seguro. Afinal, um formato já familiarizado pelo público e pelo próprio apresentador tem maiores chances de agradar. Ainda assim, havia quem acreditasse que Fausto retornaria à Band para, de fato, retornar às origens. Não que ele fosse refazer o Perdidos na Noite, pois isso nem seria possível. Mas esperava-se ao menos, que ele mantivesse o espírito inventivo daqueles tempos.

A Band foi ousada, sim, ao trazer uma versão diária do Domingão do Faustão. Mas seria ainda mais ousada se colocasse sua estrela em algo realmente novo. Talvez seja isso que falte para que Faustão na Band aconteça: ser menos Faustão e mais Band.

Leia outros textos do colunista AQUI

Entre em contato com André Santana AQUI e AQUI

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....