Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
História da TV

Em 2001, Angélica realizou “sonho” de Boni ao atuar na novela Um Anjo Caiu do Céu

A apresentadora viveu a "anja" Angelina na trama de Antonio Calmon

Publicado em 30/01/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Angélica começou a carreira artística ainda criança fazendo de tudo um pouco. Participou de grupos musicais, fez comerciais e esteve, ainda criança, no elenco de Avenida Paulista (1982), minissérie da TV Globo. Mais tarde, na Manchete, protagonizou O Guarani (1991). Mas a loira se consagrou mesmo como apresentadora, em programas como Clube da Criança, Angel Mix e Estrelas, entre muitos outros.

Ao se transferir do SBT para a Globo, em 1996, Boni, o então “todo-poderoso” da emissora, a queria atuando em novelas. Mas a apresentadora, que já estava consagrada na condução de programas, nunca se mostrou muito disposta a mudar de área. “Eles queriam muito que eu fizesse novela – o Boni, principalmente. E quando fui fazer o infantil, pintou a ideia de fazer uma novelinha dentro do programa”, revelou ela ao Memória Globo, explicando como surgiu Caça Talentos.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Na programação infantil da emissora, além de Caça Talentos (1996), Angélica também apareceu como atriz em Flora Encantada (1999) e Bambuluá (2000). Mas foi em 2001, e praticamente por acaso, que Angélica chegou às novelas da Globo, numa participação em Um Anjo Caiu do Céu. A trama de Antonio Calmon, que trazia Tarcísio Meira e Caio Blat nos papéis principais, estreou em 22 de janeiro daquele ano.

Em Um Anjo Caiu do Céu, Tarcísio Meira era João Medeiros, um fotógrafo que é vítima de um atentado ao fotografar um líder neonazista na República Tcheca. Mas ele é resgatado pelo anjo Rafael (Caio Blat), que lhe dá mais seis meses de vida para que ele possa resolver seus inúmeros problemas familiares.

Nesta saga, João tenta desatar os nós das vidas das filhas e da ex-mulher, Naná (Renata Sorrah). Mas, numa de suas atitudes, ele desrespeita as regras ditadas por Rafael e acaba sendo levado ao céu para uma espécie de castigo. É ali que ele conhece a “anja” Angelina, papel de Angélica, que faz uma espécie de “reabilitação” de João no céu.

A princípio, Angelina apareceria apenas em poucos capítulos, acompanhando João no céu. No entanto, a participação de Angélica na novela deu muito certo, e a apresentadora foi convidada para retornar à trama tempos depois. Assim, Angelina desce à Terra e passa a acompanhar João, ao lado dos anjos Rafael e Garcia (Hugo Carvana). E ela permanece na trama até o fim. Seu nome até foi creditado na abertura com a referência “participação especial”.

Angélica como Angelina em Um Anjo Caiu do Céu (divulgação/TV Globo)

Cabe destacar que, naquela época, Angélica não vivia uma boa fase na Globo. O infantil Bambuluá ia mal das pernas e não havia grandes expectativas para o futuro da apresentadora na emissora. Foi a boa repercussão de sua presença em Um Anjo Caiu do Céu que revitalizou a imagem de Angélica junto ao público. Depois da trama, a apresentadora aceitou comandar o Vídeo Game, no Vídeo Show, e deu uma guinada em sua carreira.

Depois disso, Angélica voltou a ser cotada para novelas em outras ocasiões, como quando Miguel Falabella a convidou para viver Lívia, a mocinha de Negócio da China (2008). Mas, firme em sua decisão de seguir como apresentadora, Angélica declinou, e o papel foi entregue a Grazi Massafera. Angélica até apareceu em outras novelas, mas sempre vivendo ela mesma, como em A Dona do Pedaço (2019).

Veja cenas de Angélica em Um Anjo Caiu do Céu:

Leia outros textos do colunista AQUI

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....