Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Comentário

Dona Beija engrossa projeto de telesséries da HBO Max

A trama será produzida pela Floresta e pode ter elenco de ex-globais

Publicado em 31/01/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A HBO Max continua os trabalhos para a produção de dramaturgia brasileira análoga às novelas. Chamadas de telesséries, estas produções foram definidas por Silvio de Abreu, produtor executivo de telesséries da HBO Max, como um “híbrido de novela e série”. Na prática, serão novelas mais curtas, com cerca de 60 capítulos.

Pois uma produção bem conhecida do público brasileiro pode fazer parte deste novo pacote de dramaturgia do streaming. Trata-se do remake de Dona Beija, anunciado pela produtora Floresta no ano passado. Na época do anúncio, falava-se que a novidade poderia ser exibida na Netflix. Mas, segundo Flavio Ricco, do R7, a produção está prestes a fechar com a HBO Max.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Caso esta parceria se confirme, a HBO Max então já tem duas telesséries engatilhadas para um futuro próximo. A plataforma também prepara uma trama inédita, assinada por Raphael Montes e dirigida por Joana Jabace. Dona Beija, então, engrossaria esta lista de novidades. Nomes como de Grazi Massafera e João Baldasserini já aparecem como cotados para a trama.

Segundo a Floresta, a nova Dona Beija revisitará a obra original com um olhar moderno e ousado, à altura da protagonista. À frente do desenvolvimento estão o autor português e vencedor do Emmy, António Barreira, e a roteirista Renata Jhin, que nessa adaptação assina a autoria da sua primeira novela.

A produtora também afirmou que a nova versão de Dona Beija ganha a agilidade das narrativas modernas. A luxúria e luxuosidade ganharão mais cor e personalidade, seguindo altos padrões de produção. A história ganha uma tinta a mais nas discussões que escandalizaram a sociedade no século XIX e ainda são tão pertinentes para o século XXI, como empoderamento, questões raciais e classistas.

É uma boa ideia iniciar esta nova produção de dramaturgia no streaming com uma história já conhecida pelo público noveleiro. Dona Beija tem o apelo necessário para chamar a atenção do público e atrair novos assinantes para a plataforma. Caso se confirme sua exibição pela HBO Max, o serviço da Warner terá um acerto e tanto nas mãos.

Leia outros textos do colunista AQUI

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....