Salve-se Quem Puder será reprisada sem cortes a partir de 22 de março

Novela de Daniel Ortiz foi interrompida pela pandemia do novo coronavírus em março de 2020

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No dia 22 de março, as aventuras de Alexia (Deborah Secco), Kyra (Vitória Strada) e Luna (Juliana Paiva), de Salve-se Quem Puder, irão voltar a divertir o horário das sete, após o término de ‘Haja Coração’.

A novela de Daniel Ortiz, que tinha poucos capítulos no ar quando precisou ser interrompida, será exibida desde o início, sem cortes, até o momento dos capítulos inéditos, previstos para começar no mês de maio. Salve-se Quem Puder conta a história de três mulheres que terão as suas vidas entrelaçadas para sempre.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Alexia (Deborah Secco) é uma atriz em ascensão prestes a viver a melhor fase da carreira. Luna (Juliana Paiva), uma jovem estudante de Fisioterapia, está perto de conquistar o tão sonhado diploma. Já Kyra (Vitória Strada) se prepara para o casamento planejado por anos.

As três estão em Cancún, no México, no momento da chegada de um furacão. O fenômeno que nada deixa no lugar também provoca mudanças profundas nas vidas das três: elas se tornam testemunhas de um crime que vai unir seus destinos. Situações divertidas e inusitadas dão o tom a esta comédia romântica repleta de aventura e suspense. 

Os sonhos de Alexia, Luna e Kyra são interrompidos quando elas presenciam a execução de um juiz. Condenadas a viver sob a custódia do Programa de Proteção à Testemunha e à sombra de outras identidades, iniciam uma nova vida na fictícia Judas do Norte, no interior de São Paulo, depois que são dadas como mortas.

É preciso mudar para sobreviver. O nome, a aparência, o estilo de vida. Deixar para trás amigos, família e a rotina. Acolhidas por uma família protetora agora há regras rígidas a serem seguidas para a permanência no Programa.

A primeira delas é a interrupção imediata de qualquer tipo de contato com conhecidos. Uso de celulares e redes sociais? Nem pensar. Frequentar os mesmos lugares e cultivar hábitos do passado? Fora de cogitação. 

Agora Alexia vira Josimara, Luna assume o nome de Fiona e Kyra é Cleyde, novas pessoas com um padrão de vida bem diferente. Nem mesmo seus protetores conhecem o passado de cada uma delas. Mas será que o trio conseguirá permanecer na clandestinidade e isolado por tanto tempo?

A sensação da perda da liberdade é um incômodo que elas não conseguem superar e a fuga para São Paulo será o primeiro passo para a tentativa de retomada de suas vidas. Somente o tempo colocará à prova os sonhos que essas três mulheres perseguiram por toda a vida. Será que o que desejam é aquilo que realmente as fará felizes?

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio