Sabrina Petraglia e Marcos Pitombo protagonizam o primeiro beijo virtual das novelas da Globo

Intérpretes de Micaela e Bruno, os atores se beijaram digitalmente devido à pandemia

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com a pandemia do novo coronavírus, além dos protocolos sanitários, da exigência de distanciamento social e do menor número de profissionais presentes nos estúdios, o que dificulta a manutenção do ritmo de produção da programação das emissoras, cenas como as de beijos dos casais demandaram criatividade e inovação.

Sabrina Petraglia e Marcos Pitombo, de Salve-se Quem Puder, foram os primeiros atores e darem um ‘beijo digital’ na nova realidade de gravação motivada pela pandemia. A cena em questão foi feita em 10 de agosto de 2020, pouco depois da reabertura dos Estúdios Globo após cinco meses de paralisação.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cena do beijo virtual entre os personagens Micaela e Bruno foi gravada na cidade cenográfica de Salve-se Quem Puder, e contou com a participação de poucos atores – devido à pandemia, a empresa não tem usado figurantes.

Segundo uma fonte consultada pela coluna, Sabrina ficou extremamente emocionada com a cena, já que, devido à sua gravidez, Micaela teve que se despedir da trama de Daniel Ortiz antes do tempo. Sabrina e Pitombo beijaram uma bolinha verde, cada um na sua vez, para depois as gravações serem unidas no processo de edição.

Em entrevista à revista Veja, Fred Mayrink, diretor da trama, falou do desafio em gravar cenas do tipo. “Usamos duas técnicas principais. A primeira é uma separação com placas de acrílico entre os atores. As bocas não se tocam, mas, graças a ajustes de luz e posicionamento da câmera, conseguimos que o telespectador tenha a sensação de que os personagens estão se beijando. Outra forma é o uso de uma bolinha verde. A gente coreografa os movimentos da cabeça e os atores beijam a bolinha. Gravamos planos diferentes separadamente e, depois, a computação gráfica une as duas imagens. Em casa, ninguém vai perceber que o beijo é falso”, concluiu o diretor, que conduziu a cena citada acima. 

Em contato com a coluna, Sabrina falou de sua parceria com Marcos Pitombo. “Ele é um querido. Alguém com quem sempre vou amar trabalhar, dividir a cena. Então, nossa troca foi exatamente como sempre foi, cheia de alegria, muito rica. E, dessa vez, claro… com um plus, a emoção da despedida”, concluiu a atriz.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio