UOL - O melhor conteúdo
Exclusivo

Prestes a ficar rica e poderosa, Marê deixa de ser sonsa e prova a sua inocência em Amor Perfeito

Novela das seis da Globo entra em sua semana decisiva na programação do plim-plim

Publicado em 27/08/2023

Em cenas que estão previstas para irem ao ar em breve em Amor Perfeito, Gilda (Mariana Ximenes) cairá para trás ao flagrar Orlando (Diogo Almeida) aos beijos com Marê (Camila Queiroz) em um dos cômodos do Grande Hotel Budapeste.

Devido a isso, a sem-vergonha mandará Marcelino (Levi Asaf) para um colégio interno. “(Gilda encara Orlando) Eu mandei o Marcelino para bem longe daqui. Acabou o seu teatrinho de ‘papai e filhinho’. Esse é o preço que você vai pagar por não ter cumprido o nosso acordo”, dirá a víbora que PROSSEGUE com o seu raciocínio.

“Eu vi você e a Marê juntos no hotel, ontem à noite, Orlando! Aos beijos! você está me enganando com aquela ordinária desde antes do nosso casamento! Você assumiu um compromisso comigo, Orlando! Na frente de um juiz de paz!”, finalizará Gilda semeando o mal.

Inocente! 

Após esse fato, Marê (Camila Queiroz) conseguirá provar a sua inocência perante a justiça. “O julgamento, que se estende por alguns dias, subitamente é interrompido por uma bomba que explode e pega a todos de surpresa: dias antes do início do julgamento, Marê tinha enviado para os principais jornais do país, em segredo, as provas que conseguiu reunir, ao longo do tempo, da farsa jurídica armada por Gilda e da participação de seus cúmplices. Ou seja, além de Gilda e Gaspar, também o Delegado Albuquerque, o jornalista Turíbio Fonseca e o próprio promotor Silvio Pacheco são desmascarados publicamente”, descreve Duca Rachid em seu roteiro.

Marê (Camila Queiroz) e Gilda (Mariana Ximenes) em Amor Perfeito
Marê Camila Queiroz e Gilda Mariana Ximenes em Amor Perfeito

Amor Perfeito é criada e escrita por Duca Rachid e Júlio Fischer com direção artística de André Câmara. A obra é escrita com Elísio Lopes Jr, com a colaboração de Dora Castellar, Duba Elia e Mariani Ferreira. A direção é de Alexandre Macedo, Lúcio Tavares, Joana Antonaccio e Larissa Fernandes. A produção é de Isabel Ribeiro e a direção de gênero de José Luiz Villamarim. 

Assuntos relacionados:

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar o anúncio
Publicidade
Sair da versão mobile