Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Fogo no parquinho

Mesmo flopado, Globo mantém edição extra do BBB 22

Emissora líder já pensa na próxima temporada do reality de maior faturamento da TV brasileira

Publicado em 26/02/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Apesar da grande expectativa para o início do Big Brother Brasil, a recepção do público com o novo elenco tem ficado cada vez mais negativa. Dentro do período analisado pela Knewin, tuítes com os termos flop, flopou e flopado relacionados ao programa já ultrapassam as 17 mil menções no Twitter.

Vale salientar que uma edição extra do programa comandado por Tadeu Schmidt será exibida no dia 28 de abril. Diferente do ano anterior, os participantes não devem entrar na casa pela última vez. A lavação de roupa suja deve ocorrer no palco da atraçãoMas tudo pode mudar até lá.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Devido a essa notícia, uma curiosidade para paira no ar: Qual é o valor da multa de confidencialidade (perpétua) entre a Globo e o participante do BBB? 

Participantes do BBB 22 (Divulgação)

Se o artista ou anônimo vazar informação do projeto de Tadeu Schmidt para a imprensa, a emissora líder rescinde o contrato com o brother. Além disso, o participante é obrigado a pagar uma multa no valor do prêmio máximo da atração para a emissora dos Marinho. No caso, R$ 1.500.000,00 (Um milhão e meio de reais). Lembrando que o contrato perpétuo começa a valer no momento em que o brother/sister pisa no gramado do reality de maior faturamento da emissora líder.

Sobre a Knewin

Fundada em Florianópolis em 2011, a Knewin tem como missão democratizar o acesso à informação a partir de tecnologia de ponta. A maior empresa em faturamento de PRTech da América Latina é responsável por desenvolver soluções de monitoramento de notícias e de redes sociais para cerca de mil clientes de vários segmentos, incluindo comunicação e marketing, em quatro países. A Knewin tem uma estratégia de crescimento consistente e já fez doze aquisições desde 2016 (Informa Brasil, Zubit, Oficina de Clipping, Myclipp, DataClip, Editorial Link, Varjão Clipping, Monitori, MITI, Plugar, Armazém Digital e Newsmonitor), que ajudaram na construção de um portfólio ainda mais robusto.

Leia outras matérias desse colunista CLICANDO AQUI. 

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....