Karol Conká causa mal-estar nos bastidores da Globo

Temor é de prejuízo à imagem da emissora

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sem dúvida nenhuma, Karol Conká foi consagrada a grande vilã de todas as edições do Big Brother Brasil, após ser eliminada da atração com 99,17%, sendo assim a participante com o maior número de rejeição desde a primeira temporada, exibida em 2002.

Parece que a participação da rapper em dois programas dominicais da Globo, o Domingão do Faustão e o Fantástico, causou um grande mal-estar na alta cúpula da emissora, já que a participação da ‘mamacita’ foi veiculada em dois programas basicamente da mesma grade, parecendo ser uma forma de limpar a barra da cantora que causou na casa do BBB 21.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo uma fonte da coluna, executivos da emissora ficaram receosos com com esse episódio em questão, pois ele poderia prejudicar a imagem da emissora dos Marinho perante a sociedade.

Surfando na rejeição 

A ex-sister pretende faturar alto com a sua rejeição. A prova disso, será que a cantora lançará um livro com o título de 99 Coisas que Eu Aprendi, uma alusão à sua rejeição na casa do BBB 21, que até ultrapassou essa marca.

Além do livro, Karol pretende lançar um novo álbum e entrar na terapia. “Vou trabalhar no meu novo álbum e procurar uma terapia (risos)! Mas é importante frisar que dentro daquela casa as coisas se maximizam, é outro rolê. Então, mais uma vez, eu digo que seria impossível eu chegar onde cheguei se eu fosse essa pessoa que fui no BBB a vida inteira”, afirma a vilã do momento.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio