“É a cena mais importante da novela”, confessa Juliana Paiva sobre o reencontro entre Luna e Helena

O último capítulo da trama de Daniel Ortiz será exibido no próximo dia 16 de julho

Publicado em 1/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um dos momentos mais aguardados de Salve-se Quem Puder ocorrerá no capítulo do próximo sábado, dia 03 de julho. A cena em questão será o reencontro entre mãe e filha envolvendo Luna (Juliana Paiva) e Helena (Flávia Alessandra).

Com certeza, a descoberta de que a Fiona é a Luna, a filha que ela acreditava estar morta. É uma cena bem forte e emocionante. Exigiu bastante de mim e da Ju (Paiva), porque precisávamos de uma concentração e de uma carga de emoção enormes. Helena acreditava que a filha estava morta há tantos anos e convivia com aquele fantasma do passado. E ela ganha uma nova chance ao descobrir que a filha está viva. E tem ainda o reencontro dela com o Mário (Murilo Rosa), que ela também acreditava estar morto. É muita emoção para uma pessoa só”, relata Flávia Alessandra sobre a cena em questão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Olha, é a cena mais importante da novela. Foi supertranquilizante. Teve muito cuidado, todos estavam amarradões de estarem ali, a gente se emocionou bastante. É uma história linda e eu tô louca para assistir o resultado final junto com o público. Eu não sabia qual era o segredo da Helena, a Flávia não me contou, nem o Daniel…Mas eu sentia que tinha alguma coisa a ver com uma possível morte da filha. Então, todas as cenas que eu fazia com a Flávia, a gente fala que era como um jogo de xadrez. Um misto de rancor, muito amor, dúvida do abandono, a inquietude da Helena”, confessa Paiva sobre o reencontro entre mãe e filha.

Luna (Juliana Paiva) e Helena (Flavia Alessandra) – (Divulgação/Globo)

“É o nosso segundo trabalho, onde venho acompanhando de perto essa maturidade da Ju como atriz, o quanto ela cresceu com tão pouco tempo de carreira. E fazer de novo essa relação de mãe e filha, que agora era essa coisa partida, mas que lá atrás a gente já tinha passado por um caminho que a gente era muito próxima, foi um facilitadorEu já sei a importância da medida para ela estar reagindo, para chegar no ponto, pra gente conseguir alcançar a química que a gente sempre buscava nas cenas, como ela disse, com esse lugar, às vezes de incômodo, o que é que essa menina tem, não podendo revelar, era sempre esse xadrez, será que eu fui a mais, entreguei, recua…”, relata Flávia sobre a parceria com Juliana Paiva.

Luna (Juliana Paiva) de Salve-se Quem Puder (Divulgação/Globo)

Após a descoberta, Helena revelará a Téo (Felipe Simas), seu enteado, que a mexicana que ele salvou é sua filha. “Você tem razão, Téo. Era uma implicância irracional. Porque o que eu via no olhar da Fiona. Era o olhar da minha filha. Mas aquilo era impossível. Porque eu achava que a Luna tinha sido assassinada. Então toda vez que eu olhava pra Fiona, eu ficava desconcertada. A Luna estava escondida em uma cidadezinha do interior de São Paulo. Mas arriscou a vida dela, pra vir pra cá, pra se aproximar de mim”, dirá a empresária sendo contida por Luna. 

Mário (Murilo Rosa), Luna (Juliana Paiva) e Helena (Flávia Alessandra) de Salve-se Quem Puder (Divulgação/Globo)

A Úrsula tava certa esse tempo todo. Eu entrei no Empório. Me infiltrei na vida de vocês. Porque eu realmente tinha um plano. Mas não era me casar com um homem rico. Era descobrir por que a minha mãezinha tinha me abandonado. Mas agora eu sei que ela nunca me abandonou. Que ela sempre me amou”, finalizará a jovem abraçando a sua mãe biológica. A cena em questão está programada para ir ao ar a partir do próximo sábado, dia 03 de julho.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio