Exclusivo

Choro, lágrima e dor: Veja como Marê descobre que Marcelino é seu filho biológico em Amor Perfeito

Trama de Duca Rachid terá o seu último episódio exibido no dia 22 de setembro

Publicado em 03/08/2023

Em cenas que estão previstas para irem ao ar em breve em Amor Perfeito, Júlio (Daniel Rangel) ficará SURPRESO ao descobrir por conta própria que ele é FILHO BIOLÓGICO do prefeito de Águas de São Jacinto. Sendo assim, Júlio é irmão de sangue de Luís (Paulo Mendes), Ivan (Bruno Montaleone) e Gaspar (Thiago Lacerda).

“(Júlio encara Verônica) Eu estive no cartório de Alfenas. Descobri que estou registrado como filho seu e de um pai desconhecido. Silas Medrado, meu suposto pai, não existe. Acho que nunca existiu. O que falta saber, e eu quero ouvir da sua boca mãe, é o nome do meu pai”, dirá o rapaz sendo interrompido por Verônica (Ana Cecília Costa).

“(Verônica respira fundo, toma coragem) O seu pai é o prefeito, meu filho. SEU PAI É O ANSELMO (Paulo Betti), Júlio. (Chorando) Eu entendo o que você tá sentindo, meu filho. Me perdoa… eu tava sem coragem de te contar…”, finalizará a cozinheira tirando um peso das costas.

Final feliz de Marê!

Em cenas que estão previstas para irem ao ar no próximo dia 02 de SETEMBRO em Amor Perfeito, Marê (Camila Queiroz) cairá para trás ao descobrir através de JUSTINO (João Fernandes) que a ossada encontrada nos arredores de São Jacinto pertence ao filho de Sônia (Bárbara Sut) que nasceu morto. Sendo assim, a mocinha constatará que Marcelino/Ângelo (Levi Asaf) é o seu herdeiro ‘perdido’.

Marê (Camila Queiroz) e Marcelino (Levi Asaf) em Amor Perfeito
Marê (Camila Queiroz) e Marcelino (Levi Asaf) em Amor Perfeito

“Durante um bom tempo, Sônia teria sido amante de Ademar, o dono da mercearia Minhota. Abandonada ao engravidar do amante, Sônia disfarçou como pode seu estado, foi dar a luz em São João Del Rey, mas o menino nasceu morto. E para evitar o escândalo, Sônia enterrou o menino longe da cidade, no sopé da montanha. A medalhinha de São Jacinto, foi encontrada por ela, perdida pelo caminho. Ela a recolheu e enterrou junto ao menino. (…) Marê e Orlando reagem com muita emoção ao saberem que aquele menino por quem têm muita afeição é filho dos dois. Nascido um dia antes de ser encontrado pelos padres, na porta da Igreja. Marcelino também explode de felicidade. Finalmente encontrou sua mãe e seu verdadeiro pai”, conclui Duca Rachid em seu texto.