Exclusivo

Após ser abandonada por Lui Lorenzo, Sol ganha um novo amor em Vai na Fé: “Esperei tanto por esse momento!”

Novela das sete da Globo se encaminha para sua reta final

Publicado em 16/05/2023

Em cenas que estão previstas para irem ao ar em breve em Vai na Fé, Lui Lorenzo (Zé Loreto) colocará um ponto final em seu namoro com Sol (Sheron Menezes) após descobrir que a dançarina assinou um contrato com Wilma (Renata Sorrah) para não se envolver com ele. Devido a isso, a mãe de Jeni (Bella Campos) reatará o romance com Ben (Samuel de Assis).

“Vocês duas, as mulheres que eu mais amo nesse mundo, me ofenderam, me humilharam. Vocês não me trataram como um homem, mas como um menino tonto. Um bobo! Um boneco que só serve pra rebolar no palco e botar dinheiro em casa. Ninguém pensou no que eu tava sentindo. (Encara Sol) Sol, você quebrou meu coração em mil pedaços. Nunca uma mulher fez isso comigo e eu nem sei por onde começo a catar os caquinhos”, bradará o cantor deixando Sol falando sozinha.

Já a jovem peitará a empresária de Lui Lorenzo. “(Sol encarando Wilma) A gente brigou, se feriu. E todo esse tempo, a senhora me perguntando se eu tava cumprindo o contrato. A única coisa que a senhora não me perguntou era o que eu sentia/ ainda sinto pelo seu filho. Eu amo o Lui. De verdade.. (Sol olha para o anel que ainda carrega na mão, reflexiva)  É o símbolo de alguma coisa que podia ter dado certo. É o coração do Lui, que nós quebramos com nosso egoísmo. Faz um favor, dona Wilma? Quando o Lui estiver mais calmo, menos ferido, entrega o anel pra ele. Eu não mereço esse presente”, finalizará Sol prestes a se envolver com o ex-marido de Lumiar (Carolina Dieckmann).

Ben (Samuel de Assis), Sol (Sheron Menezzes) e Lui (José Loreto) de Vai na Fé
Ben (Samuel de Assis), Sol (Sheron Menezzes) e Lui (José Loreto) de Vai na Fé

Criada e escrita por Rosane Svartman, com direção artística de Paulo Silvestrini, Vai na Fé tem direção geral de Cristiano Marques e a direção é de Isabella Teixeira, Juh Almeida, Augusto Lana e Matheus Senra. A obra é escrita com Mário Viana, Pedro Alvarenga, Renata Corrêa, Renata Sofia, Sabrina Rosa e Fabricio Santiago, e a pesquisa é de Paula Teixeira. A produção é de Mariana Pinheiro e a direção de gênero é de José Luiz Villamarim.