Exclusivo

Aline morre em Terra e Paixão? Reviravolta muda tudo na vida da protagonista de Walcyr Carrasco

Trama das nove da Globo entra em sua semana decisiva na programação do plim-plim

Publicado em 25/09/2023

Após flagrar Caio (Cauã Reymond) aos beijos com Iraê (Suyane Moreira), Aline (Barbara Reis) dará uma chance para Jonatas (Paulo Lessa). A cena em questão irá ao ar em breve em Terra e Paixão.

“(Jonatas encara Aline) Tá certo… eu não vou mentir, Aline… A verdade é que eu queria tá no lugar do Caio, dizendo aquelas palavras bonitas pra você. E agora, sabendo que o Caio é meu irmão… Eu queria gostar dele, me aproximar… Mas não consigo, porque ele conquistou o amor da mulher que eu amo. Eu fico pensando o que eu fiz de errado… Eu te amo desde antes de você casar com o Samuel (Ítalo Martins)”, dirá o fazendeiro sendo interrompido pela professora.

“Jonatas, se você ama alguém, você tem que dizer. Eu não podia adivinhar. E passei a te ver como um amigo, alguém da família. Daqui pra frente, quando você se interessar por uma mulher, fala pra ela logo! Você é um homem incrível, um homem bom. Tenho certeza que você vai encontrar um amor pra você, uma mulher que vai te amar de volta. Mas quando isso acontecer, não demora pra dizer o que sente, tá? Fala pra ela logo, grita bem alto pra todo mundo saber dos seus sentimentos (JONATAS RI E DEPOIS A ABRAÇA, CHORANDO. DE LONGE, CAIO OBSERVA A CENA)”, finalizará Aline prestes a transar pela primeira vez com o filho de Gentil (Flávio Bauraqui).

Desfecho de Aline em Terra e Paixão 

De acordo com a sinopse original do folhetim das nove da Globo, Aline IRÁ recuperar as suas terras e se casará com Caio sob benção de Antônio La Selva (Tony Ramos). Já Jonatas (Paulo Lessa) será feliz ao lado de Graça (Agatha Moreira).

Aline (Barbara Reis) e Jonatas (Paulo Lessa) em Terra e Paixão
Aline (Barbara Reis) e Jonatas (Paulo Lessa) em Terra e Paixão

Terra e Paixão é uma novela criada e escrita por Walcyr Carrasco. A obra é escrita com Márcio Haiduck, Vinícius Vianna, Nelson Nadotti e Cleissa Regina. A direção artística é de Luiz Henrique Rios com direção geral de João Paulo Jabur e direção de Tande Bressane, Jeferson De, Joana Clark, Felipe Herzog e Juliana Vicente. A direção de gênero é de José Luiz Villamarim e a produção é de Raphael Cavaco e Mauricio Quaresma.