Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Exclusivo

Adorada na primeira versão, quando Maria Bruaca vai aparecer em Pantanal?

Personagem será apresentada ao telespectador da trama global na próxima quarta-feira, dia 13 de abril

Publicado em 07/04/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A coluna apurou que a segunda fase de Pantanal entrará no ar na próxima terça-feira, no dia 12 de abril, já Maria Bruaca (Isabel Teixeira) será apresentada ao telespectador da trama de Bruno Luperi no dia seguinte. Vale salientar que a personagem foi defendida por Ângela Leal na primeira versão (1990) do folhetim global.

Para quem não conhece a história, Maria (Isabel Teixeira) é mulher feita, madura e maltratada, tanto pela vida quanto pelo marido, Tenório (Murilo Benício), que a chama de Bruaca, marcando a falta de apreço e respeito que tem pela esposa. Sua relação com a filha, Guta (Julia Dalavia), é seu esteio. 

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Por isso sofre quando ela parte para São Paulo para estudar, e seu retorno é motivo de alegria e companhia para Maria, que vive de forma muito solitária. Maria casa grávida com Tenório e, embora seja filha de um cafeicultor muito próspero ao casar, vê suas terras ficarem devastadas após uma grande geada. 

Maria Bruaca (Isabel Teixeira) de Pantanal (Divulgação)

Quando seu pai morre, Tenório vende as terras – e se pudesse teria vendido Maria junto. Ela se torna um fardo para o marido e quanto mais ele viaja sozinho por esse país, mais culpada ela se sentePor isso se submete a tudo sem imaginar que seu casamento está pela beira. Maria não desconfia que Tenório tem uma amante em São Paulo, muito menos que tenha filhos com ela.

Pantanal é escrita por Bruno Luperi, baseada na novela original escrita por Benedito Ruy Barbosa. A direção artística é de Rogério Gomes, direção de Walter Carvalho, Davi Alves, Beta Richard e Noa Bressane. A produção é de Luciana Monteiro e Andrea Kelly, e a direção de gênero é de José Luiz Villamarim.

Leia outras matérias desse colunista CLICANDO AQUI. 

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....