Nova safra de apresentadores da Globo não empolga

Nos últimos anos a emissora carioca vem trazendo nomes do jornalismo para o entretenimento

Publicado em 09/10/2021 14:50
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

É comum as emissoras de TV renovarem seu casting de apresentadores do longo dos anos, alguns canais de TV lançam novos nomes que vêm de dentro da própria emissora e outras trazem apresentadores da concorrência. Foi o que aconteceu com a Globo em 1999, quando decidiu renovar seu elenco de apresentadores e trouxe de uma só vez comunicadores que faziam sucesso na concorrência. O canal contratou Luciano Huck que veio da Band, Serginho Groisman veio do SBT e Ana Maria Braga que deixou a Record e foi para a Globo, estratégia que funcionou muito bem, atualmente são os principais apresentadores da emissora.

Nos último anos a Globo não lançou, nem contratou da concorrência nenhum grande comunicador, com exceção de Marcos Mion, que foi a maior e a mais acertada aposta do canal nos últimos tempos. A emissora preferiu trazer nomes do jornalismo para o entretenimento do que investir em grandes contratações da concorrência e não funcionou tão bem.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Desde que estreou na Globo, Márcio Garcia se dividiu entre as novelas e a carreira de apresentador, comandou diversas atrações no canal, mas nunca foi um grande comunicador, faz seu papel de apresentador mas não empolga, dá conta do recado e não surpreende.

Patrícia Poeta é mais um nome que trocou o jornalismo pelo entretenimento, chegou ocupar o maior cargo no jornalismo da emissora e foi apresentadora do Jornal Nacional, atualmente comanda o É de Casa nas manhãs de sábado da Globo, está longe de ser uma grande comunicadora, exerce sua função de apresentadora, faz boas entrevistas, mas falta o famoso carisma.

Ana Furtado não veio do jornalismo, começou na Globo como atriz, mas priorizou a carreira de apresentadora, teve inúmeras oportunidades no canal, apresentou os mais variados tipo e formatos de programa, inclusive houve uma época que foi a substituta número um do Brasil, substituía Fátima Bernardes e qualquer outro apresentador que precisasse, é mais um caso de apresentadora que não empolga, o carisma da mulher de Boninho foi dar uma volta e até agora não voltou.

Outro nomes que foram lançados pela emissora e que não empolgam é o caso de Fernanda Gentil e André Marques, embora a apresentadora do Zig Zag Arena é engraçada, espontânea e divertida ainda falta muito para ser uma comunicadora, já André Marques decepcionou no comando da última edição do No Limite, quando estava falando chegava a dar sono e dava a impressão que estava lá apenas cumprindo ordem do chefe.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio