Segundo Sol: Conheça Zefa, personagem de Claudia Di Moura

Publicidade

Em Segundo Sol, novela de autoria de João Emanuel Carneiro que estreia nesta segunda (14), Claudia Di Moura é Zefa, uma mulher calma, amorosa, conformada, sensível a maternal. Incapaz de levantar a voz, sempre pensa mais nos outros do que em si mesma, foi criada na roça de forma muito humilde, e desde os treze anos trabalha para a família Athayde. Antes de se casar com Claudine (Cássia Kis), Severo (Odilon Wagner) mantinha relações sexuais com Zefa.

Ainda quando morava na fazenda com a família, Zefa engravidou duas vezes, e deu à luz dois meninos, um branco e um negro. O branco ficou com Claudine, que era estéril, sendo batizado posteriormente de Edgar (Caco Ciocler). O negro, Roberval (Fabricio Boliveira) ficou sob os cuidados da própria Zefa, que mentiu a vida inteira que o filho era fruto de uma relação dela com um lavrador da fazenda que morreu de tuberculose.

Leia também: André Di Mauro e Liége criticam Aritana e Paulo no Power Couple: “Se beneficiaram às nossas custas”

Continua depois da publicidade

Com o passar dos anos, Zefa parou de ir pra cama com o patrão. Porém, quando está sozinha com Severo, os dois se tratam com a antiga intimidade que sempre tiveram desde que eram colegas na infância, amantes e depois praticamente um casal que teve dois filhos. Zefa tornou-se também uma verdadeira  irmã de Claudine, a mulher que soube dividir seu marido com ela. No leito de morte, Claudine pede a Zefa que cuide de Severo e dos dois meninos, passando para a negra o bastão de comando feminino daquela família.

Mãe amorosa de Roberval, Zefa toma a decisão mais difícil da sua vida quando seu filho negro é demitido pelo pai e pede para que ela vá embora daquela casa com ele. Ela decide por ficar, atendendo ao pedido de Estela, mas sofre durante anos com a ausência de Roberval. Quando Roberval retorna rico e sedento de vingança, compra a casa da família e faz de todos, inclusive sua mãe de empregados, Zefa fica discretamente feliz. De um jeito torto, sua família pelo menos está junta de novo.

Publicidade
© 2021 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade