O Sétimo Guardião: Valentina acredita que tem controle sobre o ‘novo Eurico’

Publicidade

Em O Sétimo Guardião, na Globo, Eurico (Dan Stulbach) sempre se mostrou um personagem ‘banana’, que faz tudo o que a esposa Marilda (Letícia Spiller) manda. No entanto, depois de trair a primeira-dama com a cunhada Valentina (Lilia Cabral), ele se mostrará diferente, mais ganancioso. Partirá para cima de empresária e exigirá lucro sobre a exploração comercial da fonte. Com isso, vai trair até a irmandade. Confira como a mãe de Gabriel (Bruno Gagliasso), apesar de surpresa, acredita que sabe como colocar o político no lugar.

“É muita audácia de sua parte! Só porque se aproveitou da minha solidão e me arrastou pra cama já acha que pode mandar em mim… E até roubar uma parte do meu negócio?!”, argumentará Valentina, se fazendo de indignada. “Não adianta distorcer as coisas, Marlene. Foi você quem partiu pra cima feito uma onça faminta. E quando dei por mim, cráu! Já tinha acontecido. Vamos passar por cima dessa parte e chegar ao que me interessa”.

Veja também: Eurico surpreende e decide passar a perna em Marilda e na irmandade, em O Sétimo Guardião, na Globo

Continua depois da publicidade

“Você quer 50% dos lucros da comercialização da água… é isso mesmo?”, indagará a empresária. “É. Você esquece o seu trato com minha mulher e faz esse novo comigo”. “Sua proposta inviabiliza completamente a nossa iniciativa! Sim, nossa, porque não estou sozinha nessa história”. “Disso eu já sei. O tal Olavo não veio parar em Serro Azul para desfrutar das paisagens. Por mais que você banque a poderosa chefona na exploração da fonte, quem comanda a operação é ele. Então, vá dizer ao manda-chuva qual é a minha condição para continuar jogando o jogo”.

Ainda nesta cena de O Sétimo Guardião

“Acontece que ele não está em casa”, rebaterá. “Tudo bem. Quando seu sócio voltar diga a ele o que eu quero e depois me procure… Mas só se ele der uma resposta positiva”. “E quanto às perguntas que lhe fiz?”. “Uma vez selado o nosso acordo eu lhe direi tudo que quer saber sobre a fonte, a relação do Gabriel com ela, o papel do gato nessa história… e qual a real função da Irmandade”.

“Não estou reconhecendo este novo Eurico”. “Porque não deu o devido valor ao de antes”. “O de antes, me desculpe a franqueza, era um merda. Mas este de agora… Estou vendo que nossos breves momentos de intimidade lhe fizeram bem. Você mudou! Não passava de um banana de quem minha irmã fazia gato e sapato e agora… Hum! Quem sabe a gente não dá um passo adiante e faz um trato só entre os dois?”. “Fico aguardando notícias do chefão”, falará Eurico e sairá. “Um cordeiro se fingindo de lobo! Só mesmo um idiota pra achar que vai me passar pra trás”, concluirá Valentina.

Publicidade
© 2020 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade