Orgulho e Paixão: Ofélia coloca laxante em bebida de Margareth

Lady Margareth (Natália do Valle), em Orgulho e Paixão, na Globo
Publicidade

Em Orgulho e Paixão, na Globo, Ofélia (Vera Holtz) se irritou com a postura de Margareth (Natália do Valle). A britânica foi a sua casa e humilhou sua família. Para piorar, envenenou o cavalo de Elisabeta (Nathalia Dill), causando enorme comoção. Agora, a matriarca da família Benedito fará uma visita ao à mansão da estrangeira e lhe dará o troco.

“Essa sua suposição é patética! Cavalo come do chão, o chão dá de tudo. O animal deve ter devorado um pé de urtiga, um… como é mesmo aquela outra? ‘Comigo ninguém pode’! Esses horrores que vocês brasileiros criam no quintal e a que dão nomes horrorosos!”, mentirá Margareth. “Minha casa não tem nada disso, justamente por conta de Tornado e outros animais que temos”, rebaterá Ofélia.

Veja também: Camilo se emociona ao saber que Jane está grávida, em Orgulho e Paixão, na Globo

Continua depois da publicidade

“O erro está aí! Ter bicho em casa é tão primitivo. Uma hora, dá nisso. A natureza se rebela e vem tomar o que tiram dela!”. “Não caçoe de nossa casa, muito menos do amor que temos por Tornado. Minha filha está acabada. E pela sua frieza… Se foi mesmo a senhora quem teve coragem de fazer uma crueldade dessas, meu Deus! Que filho do Senhor é capaz disso? A senhora vendeu sua alma pro ‘coisa ruim’? Foi isso?”, perguntará.

Ofélia insiste em saber a verdade

“Ah, me poupe! Perdi a paciência. Essas matutices me violentam! Lembre-se de que a senhora está em minha casa, então cuidado com as acusações. A senhora pode se retirar, porque não tenho nada a ver com o problema de seus filhos, os de duas e quatro patas!”. “Eu vou embora sim. Mas tenho certeza de que foi sua maldade que derrubou Tornado. Sendo assim, nada mais justo que eu também desse à senhora um dissabor. Então, aproveitei uma distração da Dolores e joguei um pouco de nossa brasilidade em sua vitamina”, revelará Ofélia.

“A senhora me envenenou?”, perguntará a britânica. “Não, sua ridícula! Eu sou de bem, sigo os preceitos de Deus. Mas Elisabeta comentou que a senhora despreza nossa culinária. Então, foi só uma pitada de feijoada, uma colher de sarapatel e uma medida de mocotó. Ah, mas a senhora teve mais sorte que Tornado. Porque logo, logo vai poder se livrar do que ingeriu! É que por fim coloquei nessa minha receita meio vidro de laxante. Assim, a senhora aproveita e expurga essa maldade toda. E no trono que a senhora merece: a privada! Vai ser libertador! Aguarde e confie! Ah, o laxante que lhe dei penetra rápido nas entranhas! Bom proveito!”, concluirá Ofélia sorridente.

Publicidade
© 2021 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade