O Tempo Não Para: Monalisa e Marino encontram Teófilo desmemoriado

Kiko Mascarenhas
Publicidade

Em, O Tempo Não Para, parece que a vida pacata do casal Monalisa (Alexandra Richter) e Marino (Marcos Pasquim) está perto do fim. Após socorrer Marocas (Juliana Paiva) e Samuca (Nicolas Prattes) em sua ilha particular. Os biólogos encontraram mais um congelado em seu ‘mundo’ particular. Trata-se de Teófilo (Kiko Mascarenhas); o Procurador e guarda-livros (contador) de Dom Sabino (Edson Celulari).

Após acharem as de jóias de crioula: um colar e uma pulseira, o casal avistará um homem pedido em sua ilha. “O que é aquilo?”, questionará Monalisa. Marino dirá que parece um homem andando perdido por ali.

Veja também: Desconfiada, Paulina diz a Marocas que ela é uma fraude, em O Tempo Não Para, na Globo

Continua depois da publicidade

O casal de biólogos darão abrigo ao homem perdido. Mas questionarão em relação a sua identidade. “Você está bem?”, sentenciará Monalisa. Sem saber o que está acontecendo, Teófilo perguntara onde está e falará do naufrágio. “Um naufrágio! Homens ao mar! Uma tormenta! Não, um iceberg!”, dirá.

Monalisa avisa à SamVita sobre Teófilo

Marino dará uma manta para aquecer o homem misterioso, que o agradecerá em seguida. “Fico-lhe grato, meu senhor. Estou gelado até os ossos!”, agradecerá Teófilo. Monalisa dirá para Marino que o homem perdido pode ser um dos congelados e tudo indica que ele perdeu a memória ao descongelar. “Os dois casos podem ter alguma ligação. Tá tudo tão estranho. Primeiro, o aparecimento daquela moça, totalmente desorientada. Essas jóias de crioula, que valem uma fortuna. E agora, esse coitado… que não sabe nem dizer o próprio nome, aparece aqui, do nada!”, revelará Mona.

Monalisa irá à SamVita e revelará o caso de Teófilo para Samuca que irá buscar o congelado na ilha, trazendo-o para perto da família Sabino Machado. Mesmo sem reconhecer a família Sabino, Teófilo ficará próximo ao antigo patrão.

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade
© 2021 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade